Empresas Humberto Pedrosa Queiroz Pereira: Portugal perdeu um grande empresário

Humberto Pedrosa Queiroz Pereira: Portugal perdeu um grande empresário

"Com a morte de Pedro Queiroz Pereira, Portugal perde um grande empresário que recuperou o grupo do seu pai, nacionalizado no 11 de Março", afirmou Humberto Pedrosa, em comunicado.
Humberto Pedrosa Queiroz Pereira: Portugal perdeu um grande empresário
Miguel Baltazar
Lusa 20 de agosto de 2018 às 13:45
O dono do Grupo Barraqueiro, Humberto Pedrosa, lamentou esta segunda-feira a morte do empresário Pedro Queiroz Pereira, falecido no sábado, sublinhando tratar-se de "um grande empresário que recuperou o grupo do seu pai".

O empresário Pedro Queiroz Pereira, um dos mais importantes de Portugal, era dono da Navigator (antiga Portucel) e da cimenteira Secil. Morreu no sábado à noite, aos 69 anos, em Ibiza, onde passava regularmente férias.

"Com a morte de Pedro Queiroz Pereira, Portugal perde um grande empresário que recuperou o grupo do seu pai, nacionalizado no 11 de Março", afirmou Humberto Pedrosa, em comunicado.

"Não posso deixar de pensar e de me lembrar dos bons momentos que passámos ao longo destes anos. Amizade essa que também compartilhei com o seu irmão Manuel", concluiu o empresário, que integra o consórcio Atlantic Gateway, acionista privado da TAP.

Segundo a revista Exame, Pedro Queiroz Pereira era detentor de uma fortuna avaliada em 779 milhões de euros (em conjunto com a mãe), o que fazia dele o sétimo homem mais rico do país.

Accionista maioritário do grupo Semapa, proprietário da Navigator, mas também da cimenteira Secil e de negócios na área do ambiente e da energia.



pub