Aviação Pestana sai da Euroatlantic (Correcção)

Pestana sai da Euroatlantic (Correcção)

O grupo Pestana vendeu a posição maioritária que tinha na companhia aérea Euroatlantic ao sócio Tomaz Metello, que já tinha 35% do capital. Tomaz Metello ficou, agora, com a totalidade.
Pestana sai da Euroatlantic (Correcção)
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 15 de julho de 2017 às 11:14
O empresário Tomaz Metello adquiriu ao grupo Pestana a posição que o grupo hoteleiro tinha na companhia aérea Euroatlantic, ficando com a sua totalidade, noticia o Expresso. 

Tomaz Metello tinha 35% da companhia. O valor da operação não é divulgado, mas no jornal Expresso diz ter rondado os 100 milhões de euros, tendo por base uma avaliação da Euroatlantic de 150 milhões de euros, ou sete vezes o EBITDA que em 2016 se cifrou nos 22 milhões de euros. 

O empresário diz que ao longo destes anos houve poucas sinergias entre a companhia e o grupo hoteleiro, justificando que "nunca tivemos vantagens em ter o grupo Pestana na estrutura accionista, nem na gestão, nem no investimento, nem no produto".

O presidente executivo da Euroatlantic vai ser Luís Bandeira, que vem do Haitong, que substituirá José Batalha. Também do Haitong é a nova administradora financeira, Rita Santos.

Sendo detentor único do capital, Tomaz Metello acredita que poderá colocar a companhia na bolsa a partir de 2018, dispersando 25 a 45% na bolsa secundária de Londres, a AIM. Admite ainda como alternativa abrir o capital, em 49%, a um accionista "de grande gabarito na área do transporte aéreo ou de 'leasing' de aviões".

(Correcção: Fonte oficial da Euroatlantic revelou ao Negócios que o Haitong não tinha qualquer posição no capital da Euroatlantic)



Saber mais e Alertas
pub