Automóvel Peugeot e Renault partilham pódio de vendas em Janeiro

Peugeot e Renault partilham pódio de vendas em Janeiro

A Peugeot e a Renault venderam exactamente o mesmo número de carros em Janeiro. A Volkswagen, que em 2016 foi a terceira marca mais vendida, recuou para quinto lugar. A marca que mais cresceu foi a Maserati.
Peugeot e Renault partilham pódio de vendas em Janeiro
Bloomberg
Sara Antunes 01 de fevereiro de 2017 às 19:25

No mês de Janeiro foram vendidos 18.051 veículos automóveis em Portugal, o que corresponde a um crescimento de 9,5% face ao mesmo mês do ano passado, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 1 de Fevereiro, pela ACAP. Este crescimento de vendas corresponde a um abrandamento na expansão deste mercado, realça a associação.

Por marcas, as grandes vencedoras nos ligeiros de passageiros foram a Peugeot e a Renault, ambas com 1.475 veículos vendidos, o que corresponde a 9,81% da quota de mercado. No caso da Peugeot o aumento homólogo foi de 11,3%, tendo em Janeiro do ano passado sido a marca mais vendida. Já a Renault observou um aumento de vendas de 34,6%, continuando a registar crescimento. Em 2016, esta foi mesmo a marca que mais se vendeu em Portugal.

 

Em terceiro lugar surge a Mercedes-Benz, com 1.441 veículos ligeiros vendidos, o que corresponde a 9,59% do mercado.

 

A Volkswagen que costuma estar entre as marcas mais vendidas em Portugal recuou para o quinto lugar, com 1.218 carros transaccionados, exactamente o mesmo número que foi observado há um ano. Antes surge a BMW, com 1.320 veículos.

 

Destaque para as vendas de Maseratis em Janeiro. Foram vendidos sete veículos, o que corresponde a um aumento de 250% face ao mesmo mês do ano passado.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 01.02.2017

Depois andam por aí a dizer que o país é pobre e nao há dinheiro. O crescente aumento de vendas de pópós nos ultimos 2 anos só prova que existe muito dinheiro nos bolsos dos portugueses e afinal os salários nao sao tão baixos como se propaga por aí.As marcas prémium já ocupam os primeiros lugares.

Anónimo 01.02.2017

Devem criar condições para que o ramo automovel se modernize e cresça com mais segurança.

pub