Telecomunicações Pharol concentra operações da Bratel no Luxemburgo

Pharol concentra operações da Bratel no Luxemburgo

A Pharol procedeu a uma reorganização societária com o objectivo de concentração das operações da sua subsidiária Bratel no Luxemburgo, indicou a empresa liderada por Palha da Silva.
Pharol concentra operações da Bratel no Luxemburgo
Pedro Elias/Negócios
Carla Pedro 15 de setembro de 2017 às 23:22

A Pharol [antiga PT SGPS] anunciou, em comunicado à CMVM que procedeu a "uma reorganização societária com o objectivo de concentração de operações no Luxemburgo" da sua subsidiária Bratel, através da qual detém 27,49% da operadora brasileira Oi.

 

Assim, 183.662.204 acções ordinárias de emissão da Oi S.A., representativas de 22,24% do capital social total da Oi S.A., detidas pela Bratel B.V., sediada em Amesterdão, passaram a ser detidas pela Bratel S.à.r.l., sociedade com sede no Luxemburgo.

 

Com esta operação, a Bratel B.V. deixou de deter participação accionista diretamente na Oi, refere o comunicado.

 

A Pharol, que é liderada por Palha da Silva (na foto) detém a totalidade das acções representativas do capital social da Bratel B.V. que, por sua vez, detém a totalidade das ações representativas da Bratel S.à.r.l.

 

Com a referida reorganização societária, a Pharol e a Bratel B.V. detêm, indirectamente, 183.662.204 acções ordinárias da Oi, representativas de 22,24% do capital social total da operadora brasileira, diz ainda o comunicado, acrescentando que a participação accionista da Bratel S.à.r.l. na Oi "é detida para fins de investimento, sem a intenção de alterar o seu controlo".

 

A Pharol encerrou a sessão desta sexta-feira a somar 1,87% para 32,7 cêntimos.

 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
luis Há 2 dias

Isso já estava agendado pois a centralização dos serviços aumenta substancialmente a poupança.

Ainda existe a Pharol? Há 3 dias

Para quê alêm de pagar salários aos Administradores?

Anónimo Há 3 dias

MAS, AFINAL, O QUE VALEM 27,49% DE UMA EMPRESA MAIS QUE FALIDA ?????????????
ALGUEM ME PODE INFORMAR ??????

Anónimo Há 3 dias

Esta alteração, pelo que li, não altera nada na Pharol,,, penso eu...

pub