Banca & Finanças Pirómanos e ignorantes: Carlos Costa ao ataque
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Pirómanos e ignorantes: Carlos Costa ao ataque

O governador esteve num encontro com banqueiros onde defendeu a sua actuação no Banco de Portugal. Deixou também uma lista de fragilidades e, ainda que não dando nomes, lançou farpas a todos os intervenientes da banca na década entre 2000 e 2010.
Pirómanos e ignorantes: Carlos Costa ao ataque
Bruno Simão
Diogo Cavaleiro 24 de novembro de 2016 às 00:01

Vítor Constâncio, José Sócrates, Jean-Claude Juncker e antigos banqueiros como Jardim Gonçalves e Ricardo Salgado. Nenhum nome foi mencionado mas todos foram visados indirectamente nas críticas feitas pelo governador )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Gonçalves 24.11.2016

Este só agora está a criticar ? porque não criticou quando devia e estava a tempo de evitar a catástrofe ? Será que tinha o rabo preso? A quem fez ele o favor de se calar ? A PJ QUE FAÇA O SEU TRABALHO

Anónimo 24.11.2016

"Pirómanos e ignorantes" é na certa este senhor a falar do seu passado no presente. Incrível ainda ocupar o lugar para o qual disse não ter meios para fazer supervisão. Este governo é evidentemente conivente com o sistema financeiro ao segurar este elefante branco. A solução é tirar a guita da banca

Joao22 24.11.2016

Artigo muito incompleto para quem segundo parece tinha muito a dizer e utilizou o dobro do tempo. Assino o negócios mas este tipo de artigos leva-me a reconsiderar tal.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub