Aviação Plenário do SEF deve causar "problemas" no aeroporto de Lisboa

Plenário do SEF deve causar "problemas" no aeroporto de Lisboa

A gestora dos aeroportos diz que a hora marcada para o plenário dos inspectores nesta segunda-feira coincide com o período em que são mais necessários, o que poderá levar a atrasos significativos .
Plenário do SEF deve causar "problemas" no aeroporto de Lisboa
Miguel Baltazar
Lusa 20 de março de 2017 às 00:32
A ANA - Aeroportos de Portugal estranha a hora escolhida para a realização do plenário dos inspectores do SEF, esta segunda-feira, 20 de Março, às 6:00, porque coincide com o período em que são mais necessários, antecipando atrasos significativos no aeroporto de Lisboa.

"Estranhamos a hora em que se vai realizar o plenário, entre as 6:00 e as 8:00, porque é nesse horário que chegam e partem a maior parte dos voos internacionais com passageiros que precisam de controlo de passaporte na fronteira, os chamados voos 'não Schengen'", realçou fonte oficial da ANA - Aeroportos de Portugal à Lusa.

"Poderá haver problemas neste tipo de voos, pelo que pedimos aos passageiros que têm ligações que necessitem de controlo de passaporte para que tentem chegar o mais cedo possível ao aeroporto", acrescentou a mesma fonte.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 20.03.2017

O SEF deve voltar á casa mãe, donde nunca deveria ter saído. A Ministra da Administração Interna devia tratar da sua reintegração na GNR ou PSP. Assim não pode continuar a existir o SEF. Não tem funções policiais e andam sempre acompanhados pelas duas Forças de Segurança.

pub