Banca & Finanças Políticos dificilmente podem gerir bancos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Políticos dificilmente podem gerir bancos

Os responsáveis que ocupam cargos políticos ou que tiveram este tipo de funções nos últimos dois anos têm um conflito de interesse significativo para serem administradores de banco. BCE só autorizará a sua nomeação se a instituição resolver o problema “de forma adequada”.
Políticos dificilmente podem gerir bancos
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 16 de maio de 2017 às 00:01

Quem ocupe cargos com "influência política elevada" está numa situação de conflito de interesses significativo caso seja indicado para ocupar o lugar de administrador de um banco, de acordo com os critérios

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
jiaq Há 6 dias

Mas podem sempre entrar num banco peça porta lateral, qual Dias Toureiro, que agora mora em Cabo Verde com o dinheiro sonegado ao BPN.

Camponio da beira Há 6 dias

Qualquer pessoas que tenha levado uma empresa à falencia, ou que já estando na politica tenha contribuido para a ruina do país, nunca pode gerir coisa alguma, o seu "cadastro" não o permite.

Juca Há 1 semana

Tugal é um "exemplo study", desde o Armando Vara e sus muchachos até ao irrepreensível BES. Todos amigos do Socras, vai com Deus, embora Salgado.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub