Transportes Porto de Setúbal recebe investimento de 25,3 milhões

Porto de Setúbal recebe investimento de 25,3 milhões

O projecto vai ser alvo de um concurso público internacional e inclui um conjunto de dragagens destinadas a possibilitar a entrada de navios de maior calado no Porto de Setúbal.
Porto de Setúbal recebe investimento de 25,3 milhões
Celso Filipe 08 de agosto de 2017 às 15:47

O Ministério do Mar decidiu lançar um concurso público internacional para as obras de requalificação do Porto de Setúbal, as quais permitirão a esta infraestrutura receber navios de maior porte.

O projecto avaliado em 25,3 milhões de euros consiste num conjunto de dragagens destinadas a aprofundar os canais de navegação e assim permitir a entrada de navios de maiores dimensão e com maior calado no Porto de Setúbal. O investimento inclui ainda a criação de uma nova bacia de manobra para os navios.

"Ultrapassar as restrições de navegabilidade actualmente existentes no porto de Setúbal é uma ambição e um projecto já anteriormente tentado mas que agora tem todas as condições técnicas, financeiras, ambientais e políticas para ser concretizado, colocando o Porto de Setúbal num lugar cimeiro do sistema portuário nacional" afirma o Ministério liderado por Ana Paula Vitorino em comunicado.

Segundo Ana Paula Vitorino, este projecto de melhoria dos acessos marítimos "é estratégico para o desenvolvimento deste porto e essencial para a sua inserção na rede core dos portos da União Europeia".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub