Agricultura e Pescas Portugal afectado por crise dos ovos contaminados com pesticida

Portugal afectado por crise dos ovos contaminados com pesticida

Portugal é um dos 26 Estados-membros afectados pelo comércio ou distribuição de ovos contaminados com o pesticida tóxico fipronil, segundo a mais recente lista da Comissão Europeia, a que a Lusa teve hoje acesso.
Portugal afectado por crise dos ovos contaminados com pesticida
Lusa 05 de setembro de 2017 às 09:37
Segundo os dados mais recentes, na União Europeia só na Croácia e na Lituânia não foram ainda detectados ovos contaminados, uma crise que atinge ainda a Noruega, o Liechtenstein, a Suíça e a Rússia.

Fonte da Comissão Europeia disse à Lusa que a situação está a ser acompanhada diariamente, nomeadamente para garantir "que as autoridades competentes nos Estados Membros estão a agir adequadamente para garantir a segurança alimentar e a restaurar a confiança dos consumidores".

Bruxelas espera ainda que "todos continuem a desempenhar o seu papel no total cumprimento das suas responsabilidades".

O tema está hoje em discussão na reunião informal dos ministros da Agricultura da União Europeia, em Talin, na Estónia, e na qual participa o comissário europeu para a Saúde, Vytenis Andriukaitis.

Para dia 26, está agendada uma reunião de alto nível em que será feito um balanço do escândalo e discutidas medidas futuras.

O escândalo dos ovos contaminados atinge ainda 16 países de outros continentes, incluindo Angola e Hong Kong.

Na Bélgica, o primeiro país a notificar Bruxelas, a 20 de Julho, 30 explorações agrícolas estão ainda encerradas, na Holanda 144, na Alemanha cinco, em França uma, em Itália dez e na Hungria duas.

A fraude que conduziu à contaminação de ovos pelo insecticida fipronil remonta a Setembro de 2016, disse há uma semana a Comissão Europeia, precisando na altura que 34 países, a maioria na Europa, foram atingidos pela situação.

A contaminação de dezenas de milhões de ovos, resultante da desinfestação de explorações de galinhas poedeiras por um produto contendo fipronil, um antiparasitário forte estritamente proibido na cadeia alimentar, foi divulgada em Agosto.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub