Turismo & Lazer Portugal distinguido em Madrid com prémio da Organização Mundial do Turismo

Portugal distinguido em Madrid com prémio da Organização Mundial do Turismo

O Turismo de Portugal foi hoje distinguido com o primeiro lugar na categoria "Inovação nas Políticas Públicas e Governança" da Organização Mundial do Turismo (OMT), numa cerimónia realizada na Feira Internacional de Turismo de Madrid.
Portugal distinguido em Madrid com prémio da Organização Mundial do Turismo
Bruno Simão/Negócios
Lusa 17 de janeiro de 2018 às 19:55

A autoridade responsável pela promoção internacional do turismo português foi distinguida pelo projecto formativo das escolas do Turismo de Portugal - denominado Tourism Training Talent (TTT, Formação de Talentos do Turismo em português) -, que concorreu contra outros dois projectos apresentados pela Argentina e pela China.

 

O galardão ganho pela instituição pública portuguesa é um dos quatro que foram concedido pela OTM para a "Excelência e Inovação no Turismo".

 

A Organização Mundial do Turismo (OMT) é uma agência especializada das Nações Unidas com sede em Madrid e a principal organização internacional neste sector.

 

O Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral (na foto), recebeu o prémio, acompanhado pelo presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.

 

O programa TTT visa o aumento das competências dos alunos e profissionais, adaptando a sua formação às novas tendências, abrindo as escolas à comunidade e incentivando o empreendedorismo, ampliando o papel da formação a outras actividades e valorizando as carreiras, promovendo o trabalho no turismo.

 

Segundo o Turismo de Portugal, este "novo e abrangente programa" foi criado para a sua rede de 12 Escolas de Turismo e é focado essencialmente no talento das pessoas, no desenvolvimento de "soft skills", na inovação e na internacionalização dos profissionais do turismo.

 

"Receber este prémio dá-nos a certeza de que, apesar de ambiciosa, a estratégia que foi delineada e as consequentes mudanças que implementámos, eram imperativas num mercado em constante mutação", disse o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.




pub