Energia Portugal é um dos campeões europeus de energia eólica

Portugal é um dos campeões europeus de energia eólica

Portugal é um dos países europeus onde a energia eólica tem mais peso e onde tem registado o maior crescimento desde 2005.
Portugal é um dos campeões europeus de energia eólica
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 19 de junho de 2017 às 11:09
Portugal encontra-se entre os campeões europeus de energia produzida a partir do vento, tanto em termos de electricidade produzida como em termos de crescimento da potência na última década.

A energia eólica pesou 20% no total de electricidade produzida em Portugal em 2016, colocando o país na quarta posição entre os 28 países da União Europeia. No pódio encontram-se a Dinamarca (43%), Lituânia (27%) e a Irlanda (21%). No final da tabela encontram-se vários países onde a produção eólica fica abaixo de 1%, como Malta Eslovénia, Eslováquia e a República Checa, segundo os dados divulgados pelo Eurostat esta segunda-feira, 19 de Junho.

A energia eólica foi responsável por 10% do total de electricidade produzida na União Europeia em 2016, um valor que contrasta com os 2% atingidos em 2005. O vento é actualmente a quarta maior fonte de electricidade na União Europeia depois da térmica convencional, carvão, gás natural, fuelóleo, (49%), da nuclear (26%) e da hídrica (12%).

Face a 2005, o vento tem crescido em todos os estados-membro que usam energia eólica. Os maiores crescimentos foram registados na Lituânia (mais 27% pontos percentuais a partir de zero), Dinamarca (mais 24 pontos) e Portugal (16 pontos), Reino Unido (13 pontos), Espanha e Alemanha (ambos com 11 pontos).

A importância da energia renovável a na produção de electricidade em Portugal ficou comprovada em Maio de 2016 quando o país funcionou mais de quatro dias somente com chuva e vento. Foi um total de 107 horas entre a manhã de sábado, 7 de Maio, e o final da tarde de quarta-feira, 11 de Maio, que Portugal trabalhou sem carvão e gás natural.



pub