Turismo & Lazer Portugal melhor destino turístico do mundo, Lisboa campeã nos "city breaks"

Portugal melhor destino turístico do mundo, Lisboa campeã nos "city breaks"

Portugal venceu hoje o prémio de Melhor Destino Turístico do Mundo nos World Travel Awards, tornando-se o primeiro país europeu a conquistar esta distinção ao derrotar concorrentes como o Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos, Vietname ou Espanha.
Portugal melhor destino turístico do mundo, Lisboa campeã nos "city breaks"
Lusa 10 de dezembro de 2017 às 17:15
Em comunicado, a secretaria de Estado do Turismo destaca que, na Europa, "apenas as cidades de Londres e Paris" já venceram este prémio, sendo o Dubai o destino que mais vezes (seis) foi distinguido com este galardão dos World Travel Awards (WTA), considerados internacionalmente como os "Óscares do Turismo".

Na final dos WTA 2017 - que decorreu hoje em Phu Quoc, no Vietname - também a cidade de Lisboa saiu vencedora ao conquistar, pela primeira vez, o prémio de 'Melhor Destino para 'City Break' do Mundo', atribuída "pela sua atractividade e oferta de excelência no que respeita a estadias de curta duração".

Já a Parques de Sintra - uma empresa de capitais públicos que não recebe financiamento do Orçamento de Estado - venceu pelo quinto ano consecutivo na categoria 'Melhor Empresa do Mundo em Conservação', onde voltou a ser única nomeada europeia e foi distinguida pelo trabalho de recuperação e restauro dos parques e monumentos sob sua gestão.

Portugal passou a integrar a lista de 17 candidatos a 'Melhor Destino Turístico do Mundo' na final dos World Travel Awards 2017 depois de, em Setembro, ter ganhado o prémio de 'Melhor Destino Europeu', tendo disputado o primeiro lugar na final de hoje com países como o Brasil, Grécia, Maldivas, EUA, Marrocos, Vietname ou Espanha, entre outros.

Considerando tratar-se de um "momento único para o turismo em Portugal", a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, afirmou ser o "reconhecimento do trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos anos por todos os que estão de alguma forma ligados ao turismo".

"Mas é igualmente o reconhecimento pelo país que temos. Um país autêntico, inovador, que se soube reinventar, que reúne uma grande variedade de experiências e paisagens, um país que junta cosmopolitismo, história, tradição, sol, natureza e gastronomia. Um país que sabe e que gosta de acolher todos", sustentou Ana Mendes Godinho.

Descrevendo Portugal como "um destino turístico de excelência", a governante diz ser agora preciso "continuar este trabalho de mostrar toda a diversidade do que Portugal tem para oferecer".

Para além do prémio de 'Melhor Destino Turístico do Mundo', Portugal conquistou ainda as distinções de 'Melhor Organismo Oficial de Turismo do Mundo', atribuída ao Turismo de Portugal, e de 'Melhor Site Oficial de Turismo', atribuída ao portal oficial de informação sobre o país, o 'visitportugal.com'.

Salientando que esta é a primeira vez "em dez anos de história" que o Turismo de Portugal é reconhecido "com prémios de âmbito global", o presidente deste organismo, Luís Araújo, considera que ver "a estratégia turística distinguida" dá "uma motivação acrescida na persecução dos objetivos até 2027, para afirmar Portugal enquanto destino turístico de excelência".

Criados em 1993, os World Travel Awards reconhecem o trabalho desenvolvido na área da indústria turística a nível global, de modo a estimular a competitividade e a qualidade do turismo, sendo a seleção dos nomeados realizada anualmente à escala mundial pelo público em geral e por mais de 200 mil profissionais de turismo oriundos de 160 países.



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Piorou 11.12.2017

Agora é que isto vai ficar uma trampa de fugir

Anónimo 10.12.2017

Alguem escreveu:
Vou ser realista , Turismo é bom, traz riqueza para o País, para todos,será ? mas e aqueles que fazem a maquina funcionar , quanto ganham com isso ? quanto ganham aqueles que trabalham horas a fio ? se calhar o mesmo do ano passado o mesmo de a 2 anos , pois é, aqui a uns meses alguem me disse que costumava deixar 1 saco de farinha por semana num determinado local e agora deixava 5 ou seja quem usava aquele saco agora tinha 4 x mais trabalho de certeza que o ordenado continuava o mesmo e o lucro para quem ia ?
Nos bons negocios ganham os 2 lados será que estará a ser um bom negocio o boom do turismo para os 2 lados ? duvido.
é facil de ver que tenho razão porque será que existe falta de mão de obra na hotelaria , restauração ? etc ,acho que todos percebem o porquê !

Tereza economista 10.12.2017

Querem continuar a ganhar turistas tem de correr com serviços do estado e sede de empresas para as capitais de distrito, pois Lisboa está insustentável. No metro somos sardinhas em lata.

Anónimo 10.12.2017

Isto sim é o nosso petróleo e não o eucalipto. So espero é que não haja partidarites a querer os louros porque isto sim é trabalho de todos desde há muitos anos. Devia haver pacto de regime era para pensar como manter este nível conciliado com as condições de vida para os portugueses.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub