Desporto Portugal nas meias-finais da Taça das Confederações

Portugal nas meias-finais da Taça das Confederações

Portugal ficou em primeiro lugar do seu grupo e assegurou a presença nas meias-finais da Taça das Confederações. Golos de jogadores que protagonizaram transferências milionárias. Conhecerá o adversário no domingo.
Negócios 24 de junho de 2017 às 17:51
Portugal ganhou à Nova Zelândia, na Taça das Confederações, por 4-0, garantindo o primeiro lugar no grupo que lhe dá acesso às meias-finais, que irá disputar quarta-feira com a selecção que ficar em segundo lugar no outro grupo.

Saberá quem será o adversário este domingo, quando joga o outro grupo. Deve disputar as meias-finais com a Alemanha ou com o Chile, que estão nos dois primeiros lugares do grupo B.

O jogo com a Nova Zelândia foi a segunda vitória de Portugal na Taça das Confederações, tendo já batido a Rússia, e empatou com o México.

Os golos do jogo deste sábado foram marcados por três estrelas da selecção. Cristiano Ronaldo marcou de penálti. Bernardo Silva, transferido já para o City por 50 milhões (mais 20 milhões de objectivos), marcou o segundo; André Silva, que também já depois da época foi vendido pelo Porto ao AC Milan por 38 milhões, marcou o terceiro e o último foi marcado por Nani, que também quando saiu do Sporting protagonizou uma venda de 25 milhões.

Portugal jogará na quarta-feira, em Kazan. No outro jogo do grupo, o México bateu a Rússia por 2-1. O México é a outra selecção deste grupo que irá disputar a outra meia-final.





A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 24.06.2017

Este país ainda vai ser mais do que um recreio de putos a chutar numa bola. Os governos passam, Portugal fica.

pub