Turismo & Lazer Portugal registou 41 milhões de passageiros em 2016

Portugal registou 41 milhões de passageiros em 2016

Os dados do Eurostat conhecidos esta quarta-feira, 11 de Outubro, mostram Portugal como um dos países com maior crescimento no número de passageiros transportados, acima do ritmo comunitário.
Portugal registou 41 milhões de passageiros em 2016
Bloomberg
Wilson Ledo 11 de outubro de 2017 às 10:46

Portugal está entre os países que registaram maiores subidas no número de passageiros transportados em 2016, mostram os dados divulgados esta quarta-feira, 11 de Outubro, pelo Eurostat.

O país alcançou quase 41 milhões de passageiros ao longo do ano passado, garantindo um crescimento de 13,7%. Deste total, 29,5 milhões dizem respeito a viajantes dentro da União Europeia. De fora do espaço comunitário vieram outros sete milhões. As viagens internas representaram 4,5 milhões de passageiros.


É uma tendência que está alinhada com os resultados na União Europeia onde, em 2016, se registaram quase 973 milhões de passageiros, mais 5,9% ou 54 milhões do que no ano anterior. Assim se mostra que Portugal está a crescer acima do ritmo comunitário.


Os viajantes dentro do espaço europeu pesaram quase metade do total (47%). As deslocações dentro dos próprios Estados-membros representaram outros 17%. Fora da União Europeia vieram 36%.


O maior número de passageiros foi registado no Reino Unido, com um total de 249 milhões. Seguem-se Alemanha com 201 milhões, Espanha com 194 milhões, França com 145 milhões e Itália com 135 milhões.


Não é por isso de estranhar que o aeroporto de Londres Heathrow se mantenha como o mais movimento no espaço comunitário, com quase 76 milhões de passageiros. Segue-se o Charles de Gaulle em Paris a roçar os 66 milhões de passageiros.


O Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa, a enfrentar problemas de capacidade, figura entre aqueles que registaram maior crescimento, de 11,7%. Pela Portela passaram 22,5 milhões de passageiros: três milhões internos, 14 milhões intracomunitários e 5,5 milhões fora da União Europeia.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Antunes Há 5 dias

Há alguma razão para as fotos dos jornalistas aqui terem um ar apalermado?

Anónimo Há 1 semana

O turismo é o que nos safa. Se não fosse este boom isto estava uma miséria.

pub
pub
pub
pub