Agricultura e Pescas Portugueses da Agrovarius vendem 14 mil toneladas de carne para a Venezuela

Portugueses da Agrovarius vendem 14 mil toneladas de carne para a Venezuela

A empresa do Grupovarius fechou um contrato para aquele país da América do Sul no valor de 69,3 milhões de dólares (63,5 milhões de euros).
Portugueses da Agrovarius vendem 14 mil toneladas de carne para a Venezuela
Bruno Simão
Alexandra Noronha 11 de Novembro de 2016 às 18:50

A Agrovarius, empresa do grupo da Iguarivarius, fechou um contrato para vender 14 mil toneladas de carne para a Venezuela, na altura do Natal, num total de 63,5 milhões de euros (69,3 milhões de dólares) segundo adiantou ao Negócios fonte oficial da empresa.

 

"As primeiras 8 mil toneladas de carne portuguesa chegam a Caracas até ao final deste mês, conforme já foi anunciado pelo governo venezuelano, através do Ministro da Alimentação Marco Torres", segundo a mesma fonte, que detalhou que o produto em causa é o pernil, que é muito consumido na Venezuela nesta altura do ano.

 

Em 2015, a empresa portuguesa vendeu cerca de 12 mil toneladas à Venezuela, país com o qual tem relações desde 2008 no âmbito do acordo entre Portugal e aquele país, estabelecido durante o Governo Sócrates. Nesse ano, adiantou a empresa, foram vendidas  três mil toneladas de pernil de porco congelado. Em 2010, o grupo "voltou a fornecer aquele país a quem vendeu 2.500 toneladas, num esforço conjunto de  um consórcio conseguido por três empresas nacionais", segundo a mesma fonte, que esclareceu que  a empresa Iguarivarius, que tem nos seus quadros como administrador o antigo ministro Mário Lino, foi constituída com esse propósito.

 

"Em 2012, foram vendidas 5.000 toneladas de pernil de porco congelado. Nos anos seguintes foram vendidas 4.000 toneladas, em 2013, e 12.000 toneladas, em 2014", adiantou a empresa, que entretanto se diversificou para vários sectores de actividade que, na Venezuela, contam com contratos de cerca de 100 milhões de dólares em três anos (91,6 milhões de euros) no Oil & Gas, materiais de construção e equipamentos e outros componentes industriais.

"Trabalhamos em 36 países com diferentes áreas de negócio. Este ano, transformámos um pouco o nosso ‘core’ e criámos oito empresas em várias áreas" salientou o CEO do grupo Alexandre Cavalleri (na foto) ao Negócios, em Junho deste ano. Cada sociedade tem a sua própria equipa de gestão. 

 

Em 2016, o grupo criou a Grupovarius que, além da Igarivarius, conta com a Agrovarius, Metalovarius e Industriavarius. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Estavas tão bem no anonimato. Com as cunhas acima mencionadas, ter problemas é só uma questão de tempo. Parece o Grupo Lena da alimentação.

Anónimo Há 3 semanas

Porra,porra,com a fome que andam,ele vai pernil,bracil,barriguil,orelhil.Pobre da animal que nem direito a missa do setimo dia vai ter.

pub
pub
pub
pub