Comércio Portugueses gastam mais de 200 milhões a alimentar cães e gatos

Portugueses gastam mais de 200 milhões a alimentar cães e gatos

O mercado da comida para cão em Portugal cresceu 2% entre Setembro de 2016 e o mesmo mês deste ano para 107,7 milhões de euros, enquanto o dos alimentos para gato aumentou 7% para 97,1 milhões de euros.
Portugueses gastam mais de 200 milhões a alimentar cães e gatos
Bloomberg
Lusa 03 de outubro de 2017 às 18:33
Em comunicado hoje divulgado, a consultora Nielsen aponta que, no mesmo período, também se registou um acréscimo no volume dos alimentos comercializados, tanto no caso dos cães (aumento de 1% para 86,4 milhões de quilos) como dos gatos (mais 6% para 36,2 milhões de quilos).

Citada pelo comunicado, a gestora de clientes da Nielsen Maria Ana Góis indica que o gasto médio no país com comida para cão é de cerca de 5,19 euros por compra, enquanto nos alimentos para gato este montante ronda os 4,40 euros.

Ainda assim, a responsável nota que "existem embalagens maiores e mais pesadas" para cão, o que "diminui a frequência de compra", que é de 10 vezes ao ano em cão e de 18 vezes por ano em gato.

Na quarta-feira, celebra-se o Dia Mundial do Animal.



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Carla 05.10.2017

Não entendo o porquê da publicação deste estudo, que nada acrescenta ao dia a dia. Todos sabem que os estudos são pedidos por marcas que querem saber o quê e quanto vende a concorrência.
Também não entendo o porquê de tanto alarido com este tema. É um estudo sem juízos de valor. E sem interesse.

Nicola 04.10.2017

Deviam ter vergonha de publicar um artigo a denegrir a imagem de quem se importa e ajuda a alimentar os animais em Portugal! Porque não fazer um artigo sobre o que se gasta em roupa e calçado ou em tantas outras coisas? Qual a necessidade do texto depreciativo? Foi publicado em vários meios sociais

Nicola 04.10.2017

Eu nem acredito nas disparidades que o anónimo (cobarde, aliás) comentou! Só pelo seu comentário já mostra que tipo de pessoa é. Então acha que só porque alguém gosta de animais, despreza seres humanos? Não sabe que é possível importar-se com ambos? Eduque-se antes de dizer tanta asneira!

Dono dos Burros 03.10.2017

E queriam estas bestas que eu fosse votar juntamente com elas. Vão-se +++++.