Banca & Finanças Preço final do Novo Banco baixa sem aval do Estado
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Preço final do Novo Banco baixa sem aval do Estado

Para abdicar da garantia estatal, a Lone Star pode recuar na oferta de partilhar receitas futuras a gerar pelos activos que queria proteger. Esta deve ser uma das vias negociais a explorar pelo Banco de Portugal. Na prática, deixar cair aval vai baixar preço final do Novo Banco.
Preço final do Novo Banco baixa sem aval do Estado
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 09 de Janeiro de 2017 às 00:01

A proposta da Lone Star para a compra do Novo Banco poderá prescindir da exigência de uma garantia do Estado para vários activos da instituição em circunstâncias que, na prática, vão levar a uma reduç

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado manuelfaf Há 1 semana

Queres investir? Paga e ficas com a parte boa e má. Isto de ficarem com o lucro e contribuinte ficar com a parte do prejuízo, é bom para o privado e mau para o contribuinte. Podemos propor o contrario. O Estado fica com a parte mais confiável do negócio e a Lone Star com a mais arriscada. Se eles não querem, porque quereríamos nos?

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

acho que deviam estar contentes por o aval do estado português ainda valer algum dinheiro. Se o preço não baixasse, isso significaria que a credibilidade do estado é zero

Anónimo Há 1 semana

As condições da venda do Novo Banco são uma vergonha...e um ultraje para todos nós..esse senhor que foi encarregado, com um chorudo ordenado, deveria estar preso e o governador do B. P. há muito que devia estar demitido pela forma como admitiu que os escândalos da banca tivessem acontecido...

Carlos Freitas Há 1 semana

Só falta saber qual vai ser o prémio a dar a este sre pelo seu trabalho, pois o ordenado já sabemos.

Anónimo Há 1 semana

NACIONALIZAÇÃO, JÁ. Estamos fartos de ser roubados... mas já, para acabar também com ordenados chorudos a vendidos como o da foto!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub