Imobiliário Preços de imóveis no centro histórico de Lisboa sobem 26% num ano

Preços de imóveis no centro histórico de Lisboa sobem 26% num ano

O aumento dos preços no primeiro semestre foi acompanhado de uma descida em termos homólogos tanto do número de vendas registado como do valor realizado com essas operações, já que de Janeiro a Junho do ano passado tinha sido alcançado um recorde de transacções.
Preços de imóveis no centro histórico de Lisboa sobem 26% num ano
Bruno Simão/Negócios
Paulo Zacarias Gomes 10 de novembro de 2017 às 13:37

Os preços nos imóveis no centro histórico de Lisboa subiram entre Janeiro e Junho deste ano pelo sexto semestre consecutivo, aumentando 26% em termos homólogos (face ao mesmo período de 2016) e 14% em relação ao último semestre do ano passado.


No total, desde meados de 2014 – quando os preços começaram a subir – o aumento acumulado já é de 67%, refere o Índice de Preços do Centro Histórico de Lisboa, desenvolvido pela Confidencial Imobiliário, num comunicado enviado às redacções.


Segundo a mesma fonte, as vendas de imobiliário no centro histórico da capital caíram no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, altura em que tinha sido registado o número mais elevado desde 2013, seja em transacções, seja no valor realizado.


Assim, de Janeiro a Junho deste ano foram vendidos 898 imóveis, entre prédios e fracções para habitação, retalho e serviços, em negócios que totalizaram 345 milhões de euros. Estes valores representam uma descida de 13% de investimento em termos homólogos (no mesmo período do ano passado as vendas tinham sido de 395 milhões de euros, o tal máximo) e de 34%, ou seja, menos um terço, em relação às 1.345 transacções registadas de Janeiro a Junho de 2016.


O comunicado acrescenta ainda que o volume médio de investimento rondou os 394 mil euros no primeiro semestre de 2017.




Saber mais e Alertas
pub