Desporto Presidente do Sporting investigado por tráfico de influências

Presidente do Sporting investigado por tráfico de influências

O jornal i avança, na sua edição de hoje citando a PGR, que o presidente do Sporting e outro dirigente do clube de Alvalade (cujo nome não é divulgado) estão a ser investigados.
Presidente do Sporting investigado por tráfico de influências
Lusa 29 de janeiro de 2018 às 08:33

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, está a ser investigado por tráfico de influências, estando o inquérito a decorrer no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR).

 

O jornal i avança, na sua edição de hoje citando a PGR, que o presidente do Sporting e outro dirigente do clube de Alvalade (cujo nome não é divulgado) estão a ser investigados.

 

"Em causa estão suspeitas do crime de tráfico de influências, não tendo sido ainda constituídos arguidos", escreve o diário citando a PGR, destacando que "o inquérito está a correr no Departamento de Investigação e Ação e Penal de Lisboa, não tendo conhecido despacho final".

 

Bruno de Carvalho já tinha sido investigado no ano passado pelas autoridades no âmbito de uma denúncia anónima sobre "supostas ameaças a árbitros".

 

A imprensa noticiou na altura que o Ministério Público estava a investigar uma denúncia feita por Paulo Pereira Cristóvão relacionada com a transferência do jogador Tanaka.

 

"Paulo Pereira Cristóvão alegava que o empresário de jogadores guineenses João Carlos Pinheiro intitulou-se representante de Bruno de Carvalho neste negócio, tendo pedido dinheiro ao agente Paulo Emanuel Mendes", escreve o i.

 

Segundo escreve o diário, "este montante seria depois entregue ao presidente do Sporting, após passar por uma sociedade em Cabo Verde, da qual Bruno de Carvalho era sócio".

 




pub