Indústria Produção automóvel triplica em Agosto em termos homólogos

Produção automóvel triplica em Agosto em termos homólogos

No acumulado do ano, a produção de carros em Portugal avança mais de 5% em relação a 2016. A categoria de veículos ligeiros é a que mais cresce em Agosto: mais do que sextuplica o número de viaturas, para quase 7.000.
Produção automóvel triplica em Agosto em termos homólogos
Bruno Simão
Paulo Zacarias Gomes 14 de setembro de 2017 às 16:34
O número de carros produzidos em Portugal no mês passado aumentou 211,1% em relação ao mesmo período de 2016, tendo sido construídos no país um total de 8.610 automóveis ligeiros e pesados, segundo informação avançada pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP). 

O maior crescimento, por categorias, registou-se entre os ligeiros de passageiros, cujo número mais do que sextuplicou para as 6.797 unidades. Em Agosto de 2016 tinham sido produzidas 1.056 viaturas, uma queda de 61,7% face ao mesmo período do ano anterior.

O maior contributo chegou da Autoeuropa, que em Agosto deste ano produziu 6.241 ligeiros de passageiros, contra apenas 350 um ano antes, período que na altura coincidiu com uma paragem de Verão, refere a Lusa citando dados da ACAP.

Recorde-se que o penúltimo dia do mês de Agosto - 30 - foi marcado por uma greve no maior produtor automóvel nacional, a Autoeuropa, contra a realização de trabalho ao sábado para produção do novo modelo da Volkswagen em Palmela, o T-Roc.

Já o número de veículos pesados produzidos no país aumentou 85,2% para 226. A única quebra - ligeiros 0,2% - verificou-se nos comerciais ligeiros, tendo sido produzidos 1.587 veículos.

Em termos acumulados (Janeiro a Agosto), o número de unidades que saíram das fábricas portuguesas ascendeu a 102.314, mais 5,3% face aos primeiros oito meses do ano passado.

Neste intervalo de tempo, a maior subida cabe aos veículos pesados, que aumentam 67,7% para 4.597 veículos. 

Os veículos produzidos continuam a ter o mercado europeu como principal destino de venda - 84,3% -, sendo a Alemanha, a Espanha, o Reino Unido e a França os maiores clientes. A seguir ao Velho Continente, a China é o maior mercado de exportação para os carros feitos em Portugal, com uma quota de 10,3%.

"A informação estatística relativa ao período de Janeiro a Agosto de 2017 confirma a importância que as exportações representam para o sector automóvel já que 96,4 por cento dos veículos fabricados em Portugal tiveram como destino o mercado externo, o que, sublinhe-se, contribui de forma significativa para a balança comercial portuguesa," lê-se no comunicado da ACAP enviado às redacções.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Observador Há 5 dias

O PSD tinha razão ... precisa-se trabalhar mais horas ,50 horas semanais é pouco !

pertinaz Há 6 dias

O PCP TINHA RAZÃO... PRECISAMOS DE MAIS GREVES...

pub