Aviação
Proibição de deter 100% da TAP pode ser entrave a brasileiros na privatização
16 Abril 2012, 10:21 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
1
Enviar por email
Reportar erro
0
Fernando Pinto deu uma entrevista ao jornal "Estado" em que salientou as vantagens para as empresas brasileiras em recorrer à TAP, em véspera de privatização.
Fernando Pinto, presidente da TAP, diz que as empresas brasileiras têm vantagens em recorrer à TAP para voar para a Europa, em vésperas do processo de privatização que poderá atrair empresas do país para comprar o capital da TAP, segundo o jornal brasileiro, "Estado".

No entanto, o entrave colocado pelas regras comunitárias à compra de 100% do capital de uma empresa da União Europeia por um grupo fora da comunidade é um entrave ao interesse das empresa brasileiras, que poderão deter até 49% da companhia aérea. "Portugal está muito voltado ao Brasil. Não tenho dúvida de que o governo veria com bons olhos algum investimento vindo daqui", disse o presidente da TAP.

O "Estado" diz ainda que pode haver entraves aos principais interessados na TAP. A TAM está em fase final de fusão com a chilena LAN e essa é a sua prioridade. A Gol negou o interesse, ao contrário do grupo Avianca que tem sido referido como interessado.
1
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: