Banca & Finanças Promessas, críticas e conversas laterais na alta finança
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Promessas, críticas e conversas laterais na alta finança

A elite do sistema financeiro encheu o salão das Finanças para ouvir críticas e promessas de Elisa Ferreira. Mas a tomada de posse também foi palco de conversas laterais.
Promessas, críticas e conversas laterais na alta finança
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Gago 10 de setembro de 2017 às 20:22

Foi perante uma plateia repleta de banqueiros, antigos governadores, representantes dos restantes supervisores financeiros e altos responsáveis das grandes empresas de auditoria que os novos vice-governadores e administradores do Banco de Portugal )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Luísa Há 1 semana

Os mesmos de sempre: o clube de amigos banqueiros, reguladores, políticos. O povéu que pague as amizades.

pertinaz Há 1 semana

VINGANÇAS PESSOAIS DO SEM TINO

É DISSO QUE SE TRATA...!

General Ciresp Há 1 semana

Em menos de um segundo drestroi-se 1 casa que demorou anos a construir e se ela foi feita a contar os tostoes,perdeu-se a conta ao tempo.Uma elite destas que se faz num segundo,nao ha tempo nenhum que a faca cair.Mas duma coisa estou certo,ela vai ter ABALOS,e alguem vai ficar debaixo dos escombros.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub