Transportes Provedor-adjunto de Justiça estranha "tolerância acrescida" com carros em segunda fila
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Provedor-adjunto de Justiça estranha "tolerância acrescida" com carros em segunda fila

Jorge Miranda Jacob defende que sejam definidos procedimentos de emergência para situações de estacionamento indevido em lugares de cidadãos de mobilidade reduzida ou em frente a acessos a garagens. Sugere ainda a construção de parques com custos moderados.
Provedor-adjunto de Justiça estranha "tolerância acrescida" com carros em segunda fila
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Babo 14 de janeiro de 2018 às 23:35

Proporcionalidade nos preços, razoabilidade nas multas
Na comunicação que enviou ao Governo levantando questões que têm sido objecto de queixas junto da Provedoria de Justiça, Jorge Miranda

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 15.01.2018

Finalmente alguém fala disto. Não deve ser político de certeza. Estacionar 20 min sem moedinha é multa pela certa, mas no meio da rua, na porta da garagem isso já não é problema. Quando tenho carros em frente da garagem ligo para a polícia, perguntam logo se ainda dá para passar... que sociedade...

Johnny 15.01.2018

Só em caso de vida ou morte é que eu vou a essa cidade maldita
pta que vos priu e mais a emel

Anónimo 15.01.2018

A falta de diferenciação e conhecimentos levou a más estratégias ,na florestação ,construção,etc.Agora querem multar qundo estado e govenos são os únicos culpados da situação por falta de planeamento.Só mesmo um clone do Marques de Pombal teria evitado o q está a acontecer.Bancarrota foi só o icebe

Anónimo 15.01.2018

É evidente que os carros em segunda fila é um mal absolutamente necessário proporcional ao comercio ou descargas.torna-se obrigatório estacionar desta forma quando vai farmácias ,compras rápidas etc.Culpados as camaras e estado cada família terá em média 2 carros vendem-se andares sem garagens?????

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub