Automóvel PSA compra participação em empresa chinesa de peças automóvel

PSA compra participação em empresa chinesa de peças automóvel

A PSA entrou no capital da empresa Jian Xin que distribui peças na região de Xangai.
PSA compra participação em empresa chinesa de peças automóvel
Negócios 09 de fevereiro de 2018 às 12:37
A PSA chegou a acordo para comprar uma participação maioritária na empresa chinesa Jian Xin. Esta companhia é uma empresa distribuidora de peças de automóvel, com a PSA a pretender melhorar o seu desempenho no mercado chinês.

A fabricante automóvel não revelou qual o valor pelo qual o negócio foi fechado, segundo avança a Reuters esta sexta-feira, 9 de Fevereiro.

A PSA diz que esta compra vai ajudar a empresa a consolidar a sua posição no mercado de peças para automóvel e vai permitir expandir a sua rede de garagens de reparação automóvel, Euro Repair Car Service, que já está presente em Portugal.

A Jian Xin é o maior distribuidor de peças na região de Xangai, vendendo anualmente mais de cinco milhões de peças automóvel dos fabricantes originais dos equipamentos.

As vendas globais da PSA subiram 15% para 3,63 milhões de automóveis em 2017. Este crescimento deveu-se ao crescimento das vendas de SUV e crossover assim como a consolidação da compra da Opel.

No total, 65% das vendas da PSA foram registadas na Europa, beneficiando da compra da marca Opel. As vendas europeias cresceram 23% em 2017 para 2,38 milhões de unidades, dos quais 376 mil correspondem a veículos Opel. As vendas foram particularmente fortes na Alemaha, onde a Peugeot cresceu 25% e a Citröen subiu 8,3%.

Já as vendas na China e sudeste asiático caíram 37% para 397 mil unidades em 2017. A operação chinesa da PSA é actualmente liderada pelo gestor português Carlos Gomes, que antes liderava o grupo na América Latina.



Saber mais e Alertas
pub