Imobiliário Quartos para estudantes custam mais 120 euros em Lisboa que no Porto

Quartos para estudantes custam mais 120 euros em Lisboa que no Porto

Em Lisboa, a zona de Arroios é a mais procurada, também por apresentar as rendas mais baixas da cidade. O estudo da Uniplaces dá conta de uma procura acentuada de estudantes estrangeiros.
Quartos para estudantes custam mais 120 euros em Lisboa que no Porto
Bruno Simão/Negócios
Wilson Ledo 06 de fevereiro de 2018 às 13:10

As rendas para estudantes têm uma diferença média de 120 euros entre Lisboa e o Porto, com a capital a afirmar-se como a mais cara. A conclusão é de um estudo da Uniplaces, plataforma dedicada a este negócio, conhecido esta terça-feira, 6 de Fevereiro.

A pesquisa diz ter registado um aumento de 37% nas reservas em Portugal ao longo do último ano. A duração média da estada foi de 5,6 meses e o valor médio pago fixou-se nos 449 euros, mais 34 euros do que em 2016. O valor tem em conta quartos mas também casas ou apartamentos inteiros.


A clara maioria das reservas (82%) na plataforma Uniplaces foram feitas por estudantes internacionais, vindos de mais de uma centena de países. Os brasileiros são os que pesam mais, cerca de 15%.


Em Lisboa, a zona de Arroios é a preferida, com rendas médias de 333 euros, as mais baixas na cidade. Alvalade foi a zona com menos procura, custando 367 euros em média. Entrecampos foi a única área onde a renda diminuiu em Lisboa face a 2016, para os 360 euros.


Já no Porto, Paranhos é a zona com maior procura, apresentando uma renda média de 250 euros, menor que no ano anterior. Rio Tinto é a área menos procurada, custando cerca de 255 euros.




pub