Automóvel Quatro centros de inspecção automóvel fechados por não cumprirem exigências técnicas

Quatro centros de inspecção automóvel fechados por não cumprirem exigências técnicas

Os centros em causa ficam nos distritos de Setúbal, Guarda, Aveiro e Viana do Castelo.
Quatro centros de inspecção automóvel fechados por não cumprirem exigências técnicas
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 30 de Novembro de 2016 às 11:44
Quatro centros de inspecções em Sines, Seia, Castelo Paiva, e Ponte de Lima vão fechar hoje por não se adaptarem às exigências técnicas impostas dentro do prazo legalmente estabelecido, anunciou o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).

Numa nota na página na Internet, o organismo informa que os centros de inspecções de Sines (código 245), Seia (código 065), Castelo Paiva (código 083) e Ponte de Lima (código 002) não se adaptaram às exigências técnicas impostas dentro do prazo legalmente estabelecido.

Assim, "o IMT, em cumprimento do enquadramento legal em vigor, impôs a cessão da actividade inspectiva nesses centros, a partir das 00:00 do dia 30 de Novembro".

Na mesma nota, o organismo adianta que a lei prevê a caducidade dos contratos nos casos em que é desrespeitado o regime jurídico de acesso e permanência na actividade de inspecção técnica de veículos a motor e seus reboques.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub