Soares dos Santos
"Se o meu salário for cortado, evito a dispensa de uma série de pessoas"
10 Maio 2012, 15:13 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
9
Soares dos Santos assumiu-se, ontem em entrevista, como um capitalista que tem sentimentos humanos. E por isso é contra os despedimentos na sua empresa. Antes, cortar o seu salário.
A política da Jerónimo Martins é não despedir, garante Alexandre Soares dos Santos. À SIC Notícias, o "patrão" deste grupo de distribuição diz que antes de avançar com uma medida destas, cortava o seu salário.

"Se o meu salário for cortado, evito a dispensa de uma série de pessoas. Responsabilidade social é isso. Agir quando é preciso", assumiu na entrevista ontem concedida, assegurando que não vai haver despedimentos na Jerónimo Martins.

Dizendo que uma das áreas onde tem papel activo é na dos recursos humanos, Soares dos Santos diz que recebe as pessoas do grupo com problemas. "Sou eu que tenho de os resolver".

Assumiu que alguns administradores estrangeiros que estão no conselho pressionaram o grupo a fazer despedimentos, mas Soares dos Santos diz que se opos. E que lhes endereçou uma pergunta: "Sabe quanto é que custa esta garrafa de água?". Não sabiam. "Nós não sabemos o que é a crise, ouvimos falar em crise. Ouço falar da crise, mas não sei o que é".

Para Soares dos Santos os mais níveis de adesão à greve na empresa, de 1%, é a prova de "as pessoas sabem que pensamos nelas".

E assumiu-se "um capitalista que tem sentimentos humanos e sabe a responsabilidade civil que tem".

Soares dos Santos diz que tem um fundo de três milhões de euros para funcionários com dificuldade. E dois mil empregados já recebem senhas para comprar noutras lojas produtos alimentares ou já recorreram a esse auxílio. E o grupo está a estudar a forma de aumentar a assistência a todos os funcionários no campo da medicina, assistência social. "O Estado está a abrir mão das suas responsabilidades. Alguém tem de assumir essa responsabilidade".
Enviar por email
Reportar erro
9
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: