Empresas Receitas dos casinos em Macau sobem mas ficam aquém das estimativas

Receitas dos casinos em Macau sobem mas ficam aquém das estimativas

As receitas dos casinos em Macau subiram em Janeiro, mantendo assim a tendência de recuperação. Ainda assim, ficaram ligeiramente abaixo das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg.
Receitas dos casinos em Macau sobem mas ficam aquém das estimativas
Bloomberg
Ana Laranjeiro 01 de fevereiro de 2017 às 08:08

Janeiro foi um mês positivo para os casinos macaenses. As receitas dos casinos aumentaram 3,1% para 19,3 mil milhões de patacas, mais de 2,2 mil milhões de euros, no primeiro mês de 2017, de acordo com a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos de Macau, citada pela Bloomberg.

Os oito analistas consultados pela agência de informação financeira antecipavam uma subida de 8% nas receitas, depois destas terem aumentado 8,5% em Dezembro.


Macau é um dos principais centros mundiais de jogo e estará a mudar um pouco a sua abordagem no sentido de captar mais turistas e jogadores ocasionais para as suas estâncias, segundo a mesma fonte. "A última vaga de estâncias turistas de Macau representa o dilema clássico de risco-recompensa para os jogadores", avançaram os analistas da Bloomberg Intelligence Brian Egger e Margaret Huang.


Os analistas defenderam ainda, na nota que emitiram, que mais estânicas é "fundamental para a recuperação de receitas para Macau", assim como para um crescimento de longo prazo. Contudo, acarreta "desafios", nomeadamente o facto de novas infra-estruturas representarem uma ameaça para as restantes propriedades na península macaense e pressionar as margens dos hotéis.

Grant Govertsen, analista da Union Gaming Group, defende, por sua vez, que "vamos ter de esperar pelos resultados de Fevereiro para ter uma imagem melhor das tendências actuais no terreno uma vez que o Novo Ano Chinês estende-se entre Janeiro e Fevereiro".


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Deuladeus 01.02.2017

Os analistas? Que analisam os analistas para estimarem o aumento dum casino? Uma coisa é certa, analisam mal, os analistas, porque é raro acertarem. Os analistas são uma espécie de grelos que vagueiam pelo espaço sideral à procura de couves-flores.

}
pub