Agricultura e Pescas Reforma florestal prevê proibição de novas plantações de eucaliptos

Reforma florestal prevê proibição de novas plantações de eucaliptos

O Ministério da Agricultura esclareceu hoje que na proposta de reforma florestal são proibidas novas plantações de eucaliptos, "excepto em áreas de povoamentos já existentes e mediante planos de gestão e ordenamento previamente aprovados".
Reforma florestal prevê proibição de novas plantações de eucaliptos
Correio da Manhã
Lusa 25 de junho de 2017 às 17:12

Em comunicado, o gabinete do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural veio hoje esclarecer que "a política florestal do Governo determina que os apoios à florestação ou reflorestação só são concedidos se os projectos estiverem integrados em povoamentos geridos e ordenados".

 

O Ministério sublinha que na proposta de lei remetida pelo Governo à Assembleia da República em Abril "proíbem-se novas plantações de eucaliptos, excepto em áreas de povoamentos já existentes e mediante planos de gestão e ordenamento previamente aprovados, ou em compensação da redução de área desordenada por área ordenada, em dimensão equivalente".

 

Aliás, "foi nesse sentido que, recentemente (12 de Junho), no âmbito da execução do PDR2020 (Programa de Desenvolvimento Rural], o Governo abriu três concursos no montante global de 27 milhões de euros para promover o ordenamento da área existente de eucalipto (nove milhões de euros), para promover ordenamento do pinheiro bravo (nove milhões de euros) e para promover o adensamento e a expansão do montado de sobro e azinho (nove milhões de euros)".

 

Por isso, prossegue o gabinete do ministro Capoulas Santos, "causa estranheza que todas as notícias se refiram exclusivamente ao eucalipto, transmitindo a ideia de que o Govenro se prepara para apoiar novas plantações de eucalipto, ideia que não corresponde minimamente à verdade".

 

"Considera-se igualmente estranho o facto de o mesmo Governo que ao longo do último ano foi permanentemente fustigado na comunicação social por ter aprovado uma proposta legislativa que visa travar a expansão da área de plantação de eucalipto, tal como está previsto no seu programa, tenha passado a ser considerado defensor da plantação de novas áreas de eucaliptos apenas no espaço de uma semana, sem que isso mereça qualquer reflexão por parte dessa mesma comunicação social", critica.

 

No sábado, a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, afirmou que o partido apoia as linhas de financiamento para ordenamento florestal, contestando que se destine nove milhões de euros para a plantação de eucaliptos.

 

Os incêndios que deflagraram na região Centro, há uma semana, que provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foram dados como extintos no sábado, trouxeram ao debate a reforma florestal do Governo, aprovada em Março em Conselho de Ministros.

 

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.

 

A área destruída por estes incêndios - iniciados em Pedrógão Grande, no distrito de Leira, e em Góis, no distrito de Coimbra - corresponde a praticamente um terço da área ardida em Portugal em 2016, que totalizou 154.944 hectares, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna divulgado pelo Governo em Março.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 28.06.2017

O eucalipto arde mais que as especies autoctones como o Carvalho ou o sobreiro. Uma plantacao com eucaliptos tao proximos uns dos outros e receita para fogo! Informem-se!!!!

Anónimo 28.06.2017

FINALMENTE!!! HAJA ALGUÉM QUE DIGA QUE O REI VAI NU E NÃO CEDA AOS INTERESSES DAS CELULOSES COMO A ATRASADA E INCOMPETENTE ASSUNÇÃO CRISTAS ESTAVA A CEDER QUE DE LAVOURA NADA PERCEBE MAS QUE PARA SATISFAÇÃO DOS GRANDES INTERESSES DAS CELULOSES NÃO SE IMPORTAVA QUE O PAÍS FOSSE VENDIDO A PATACO.

voces precisam é de pau 26.06.2017

o que é que o eucalipto tem a ver com isto tudo ??? madeira quemaida nao da para utilizar nas celuloses, o que arde mais sao sobreiros e pinheiros e mato mal limpo..agora digam lá o que é que o eucalipto tem a ver com isto tudo ?? se em area ardida é a mais pequena

de mota 26.06.2017

Ainda bem..num outro dia vi um eucalipto de mota a incendiar uns pinheiros..estes eucaliptos pá sao uma desgraça morte aos eucaliptos incendiarios

ver mais comentários
pub