Construção Reis Campos: "Corremos o risco de não fazer parte do futuro de Angola"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Reis Campos: "Corremos o risco de não fazer parte do futuro de Angola"

O presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário pede coragem política para enfrentar o problema que está criado com Angola. Para as empresas portuguesas, “o assunto é grave”, diz.
Reis Campos: "Corremos o risco de não fazer parte do futuro de Angola"
Miguel Baltazar
Maria João Babo 22 de janeiro de 2018 às 22:45

Portugal não pode ficar arredado do futuro de Angola, afirma Reis Campos, lembrando que o volume de negócios das construtoras portuguesas no país é da ordem dos 2 mil milhões de euros.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Alentejano Há 1 semana

Os Angolanos precisam mais dos Portugueses que os Portugueses dos Angolanos. No entanto e pelos vistos a cleptocracia Tuga precisa mais de Angola do que a Cleptocracia Angolana de Portugal. Os soares são uns diamantes de pessoas ... (e este cavalheiro deve vir nos mesmos moldes atrás anunciado)

Nas sao eles que nao querem que facas parte. Há 1 dia

Estes salvadores da Patria so estao preocupados com as Barrigonas deles. Angola, devia ser dos Angolanos, nao dos colonos que se preocupam com os roubos e devios que todos eles têm feito na falsa Democracia quer dos Santos quer dos Azeiteiros que se governaram em Portugal desde Abrli de 74.

Anónimo Há 1 dia

Posso lá de ferias, é o que me preocupa?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub