Energia REN anuncia conclusão da compra da EDP Gás

REN anuncia conclusão da compra da EDP Gás

O negócio de 532 milhões de euros vai ficar concluído até ao início de Outubro. A EDP Gás detém a concessão para a distribuição de gás nos distritos do Porto, Braga e Viana do Castelo.
REN anuncia conclusão da compra da EDP Gás
André Cabrita-Mendes 21 de setembro de 2017 às 16:58
A REN anunciou a conclusão da compra da EDP Gás, um negócio avaliado em 532 milhões de euros. A aquisição da empresa gasista também conhecida por Portgas foi anunciada a 7 de Abril e deverá ficar totalmente fechada até ao início de Outubro.

A REN informou esta quinta-feira, 21 de Setembro, que se "encontram verificadas as condições suspensivas (incluindo as aprovações regulatórias necessárias) para o efeito da aquisição da totalidade do capital social da EDP Gás".

Em relação a prazos, a companhia liderada por Rodrigo Costa espera fechar nas duas próximas semanas. "Nos termos acordados pelas partes, é expectável que a referida transacção seja concretizada no prazo de aproximadamente 15 dias", segundo o comunicado enviado à CMVM.

A EDP Gás detém a concessão para a distribuição de gás no noroeste de Portugal, cobrindo 29 municípios nos distritos do Porto, Braga e Viana do Castelo, totalizando 339 mil pontos de abastecimento. A EDP só vendeu a parte do negócio de distribuição de gás, sendo que a parte de venda aos clientes finais continua na EDP.

Esta empresa detém a segunda maior rede de distribuição de gás em Portugal, depois da Galp Gás Natural Distribuição, com 4.640 quilómetros e uma base de activos regulados de cerca de 451,6 milhões de euros. O EBITDA em 2016 foi de 48,5 milhões. 

Para financiar esta compra, a REN vai recorrer a linhas de crédito, mas também vai realizar um aumento de capital no valor de 250 milhões de euros, com esta operação a ter agora lugar após a aquisição da EDP Gás estar concluída.

(Notícia actualizada às 17:11)



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 dias

Grande empresa. Sempre a somar.

ENRAB..esguicho Há 2 dias

Oh indígena tens que levar comm ele!

Beruno Há 2 dias

entao e ja nao precisam de aumento de capital ?

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub