Automóvel Renault e Nissan formam unidade conjunta de venda de comerciais

Renault e Nissan formam unidade conjunta de venda de comerciais

As duas marcas têm uma aliança há 18 anos, mas Carlos Ghosn quer ir mais longe.
Renault e Nissan formam unidade conjunta de venda de comerciais
Negócios 14 de março de 2017 às 08:00

A Renault e a Nissan querem aprofundar a relação entre as duas empresas, pelo que decidiram criar uma unidade comercial conjunta, que possa beneficiar dos conhecimentos no mercado de "vans" da Renault e no de camiões da Nissan, explica a empresa em comunicado.

 

"A aliança tem como intenção fazer crescer as vendas de veículos comerciais ligeiros em todo o mundo", adianta o mesmo comunicado.

 

As duas marcas vão "alavancar mercados e produtos complementares, enquanto mantêm a sua própria identidade, vendas e receitas", acrescenta a mesma fonte.

 

"A combinação da Renault, Nissan e a colaboração com a Mitsubishi" na unidade de veículos comerciais ligeiros "vai aumentar as vendas e melhorar as sinergias" no grupo, salienta Carlos Ghosn, presidente das fabricantes de automóveis, citado em comunicado. "Com esta decisão, tencionamos expandir a nossa liderança ao acelerar o nosso desempenho" nos mercados onde já actua mas também nos novos, tendo por base "os produtos-chave e os conhecimentos do mercado" de cada uma das empresas, acrescentou o mesmo responsável. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub