Energia Repsol e EDP instalam pontos de carregamento de carros eléctricos na A1

Repsol e EDP instalam pontos de carregamento de carros eléctricos na A1

Os pontos de carregamento, instalados nas estações de serviço de Leiria e Antuã, permitem carregar 80% da bateria do veículo em 20 minutos.
Repsol e EDP instalam pontos de carregamento de carros eléctricos na A1
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 08 de fevereiro de 2017 às 11:13

A Repsol e a EDP instalaram pontos de carregamento rápido nas estações de serviço de Leiria e Antuã, na A1, facilitando as deslocações entre Lisboa e o Porto a quem viaja em veículos eléctricos.

 

Segundo o comunicado das empresas, divulgado esta quarta-feira, 8 de Fevereiro, será possível, a partir de agora, carregar 80% da bateria do veículo em apenas 20 minutos.

"A instalação destas estações de carregamento rápido dá resposta às necessidades de mercado, e resulta do compromisso das duas empresas em estimular a mobilidade, reforçando a rede de abastecimento de veículos movidos a electricidade", referem as empresas no comunicado.

A Repsol e a EDP adiantam ainda que a localização dos pontos, integrados na rede Mobi.e, foi escolhida para permitir que a maioria dos veículos eléctricos possa, com uma só paragem, fazer a ligação entre as duas maiores cidades do país.
 

A tecnologia da rede Mobi.e é compatível com todas as marcas de veículos e permite repor os níveis de energia mediante a utilização de um cartão de carregamento. 


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tereza economista 08.02.2017

O sistema de carregamento em andamento na faixa da direita das autoestradas é a solução.

pub