Banca & Finanças Resgate do Otkritie poderá ascender a 5,8 mil milhões, o maior de sempre na Rússia

Resgate do Otkritie poderá ascender a 5,8 mil milhões, o maior de sempre na Rússia

O valor foi avançado por um vice-governador do banco central da Rússia que garante, porém, que não há riscos de contágio para o sistema financeiro do país.
Resgate do Otkritie poderá ascender a 5,8 mil milhões, o maior de sempre na Rússia
Negócios com Reuters 01 de setembro de 2017 às 19:13

O resgate de um dos maiores bancos privados da Rússia, o Otkritie, poderá tornar-se o maior de sempre da história do país, revela a Reuters esta sexta-feira, 1 de Setembro.

De acordo com informações de um vice-governador do banco central russo, o "buraco" no balanço do banco poderá ascender a 6,9 mil milhões de dólares (cerca de 5,8 mil milhões de euros), tornando o resgate do Estado à instituição no maior de sempre na Rússia a um banco.

"De acordo com uma avaliação preliminar, e considerando que não foram analisados todos os grupos de activos…o volume de capital extra que o banco vai precisar situa-se entre 250 mil milhões de rublos (3,6 mil milhões de euros) e 400 mil milhões de rublos (5,8 mil milhões de euros)", revelou o vice-governador Vasily Pozdyshev em entrevista, citado pela agência noticiosa.

As declarações de Pozdyshev surgem depois de, na terça-feira, o banco central da Rússia ter anunciado que vai assumir o controlo do Bank Otkritie FC, que era até há pouco tempo o maior banco privado do país. Em comunicado, a autoridade concretizou que serão injectados fundos públicos na instituição, que "continuará a funcionar normalmente, a cumprir as suas obrigações e a fazer novos negócios".

 

O resgate do Otkritie surge na sequência de uma elevada fuga de depósitos que "eliminou" da instituição 611 mil milhões de rublos (12,4 mil milhões de euros) em depósitos em dois meses - cerca de 20% do seu balanço. 

 

Até agora, o maior resgate bancário na Rússia foi o do Bank of Moscow, em 2011, no valor de 395 mil milhões de rublos (5,69 mil milhões de euros).

 

Em entrevista à Reuters, Pozdyshev garantiu que, desde o anúncio do resgate, na terça-feira, os depósitos que foram retirados começaram a regressar ao Otkritie, e que não há risco de contágio em relação aos outros bancos do país.

"Não houve nem há absolutamente nenhum receio de uma crise bancária sistémica ou não-sistémica", assegurou o vice-governador.

Pozdyshev revelou que o resgate cobrirá não só o próprio banco, mas outros activos detidos pelo grupo Otkritie, incluindo as aquisições do Rosgosstrakh e Trust bank, que segundo o responsável absorverão grande parte da injecção de capital do banco central.  

"A reabilitação financeira da Otkritie e as ferramentas que o banco central está a usar não afectarão de forma alguma a meta de inflação ou a inflação em si", disse Pozdyshev.

O banco central já havia anunciado, logo na terça-feira, que a operação de resgate não recorrerá a um "bail-in" , o que significa que não forçará perdas aos credores e aos depositantes do banco.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
beachboy Há 2 semanas

...é o que dá o Sr. Putin tratar a economia ao pontapé!...
...e lidar com os seus parceiros comerciais ao pontapé!...
...quando as empresas vão à falência não pagam os empréstimos!...
...o resultado aí está!...

Nr Há 2 semanas

A Russia a resgatar bancos privados ?
Que dirá o PCP e BE ?
A mãe Russia de mãos dadas com o grande capital ?????
E agora ?

BCP fecha trimestre com + de 400 MILHÕES Há 2 semanas


BCP é sempre a AVIAR perdão a LUCRAR

ESTE Mês o MILENIUM BCP VAI FECHAR O 3 TRIMESTRE com MAIS DE 400 MILHÕES DE EUROS DE LUCROS SEGUNDO as ESTMATIVAS DOS ANALISTAS

pub