Bolsa Resultados acima do esperado animam acções da Navigator

Resultados acima do esperado animam acções da Navigator

Os resultados da empresa, que superaram ligeiramente as estimativas dos analistas do CaixaBI, BPI e Haitong, estão a levar as acções a reagir em alta.
Resultados acima do esperado animam acções da Navigator
Rita Faria 26 de outubro de 2017 às 10:38

As acções da Navigator estão a negociar em terreno positivo esta quinta-feira, 26 de Outubro, a beneficiar dos resultados melhores do que o esperado pelos analistas.

Os títulos sobem 0,79% para 4,321 euros, depois de terem chegado a valorizar um máximo de 1,45% para 4,349 euros.

Esta evolução acontece depois de a empresa liderada por Diogo da Silveira (na foto), ter revelado, antes da abertura do mercado, que fechou os primeiros nove meses do ano com lucros de 145,8 milhões de euros, o que representa um crescimento de 8,6% face ao mesmo período do ano passado, e fica ligeiramente acima das estimativas do CaixaBI (144, 3 milhões de uros).

No que respeita ao terceiro trimestre, o resultado líquido foi de 49,8 milhões de euros, mais 1,9% do que um antes. Também estes números foram superiores ao esperado pelo BPI e pelo Haitong.

Numa nota de análise divulgada esta manhã, o Haitong refere que os lucros do trimestre "ficaram marginalmente acima das estimativas do banco" e também do consenso da Bloomberg que apontava para aproximadamente 44 milhões.  

O BPI destaca que as vendas, que subiram 5,4% entre Julho e Setembro, "ficaram 1% acima das estimativas" enquanto o resultado líquido foi 8% superior, "reflectindo o desvio no nível operacional, juntamente com custos financeiros inferiores ao esperado".

Para o BPI, a unidade de papel UWF (papel fino não revestido) teve um desempenho 1% acima do previsto, devido aos volumes mais elevados. Pelo contrário, a pasta ficou 4% abaixo, devido aos volumes mais baixos e aos descontos mais elevados.

Tanto o BPI como o Haitong mantiveram os seus preços-alvo em 4,45 euros e 4,60 euros, respectivamente, e as recomendações de "comprar". Tendo em conta a cotação actual, os targets traduzem um potencial de subida de 3% (BPI) e 6,4% (Haitong).

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




Saber mais e Alertas
pub