Start-ups Resultados do Startup Voucher devem ser conhecidos em Março

Resultados do Startup Voucher devem ser conhecidos em Março

A fase de candidaturas para o Startup Voucher terminou no final de 2016. As candidaturas estão em processo de avaliação e os resultados serão comunicados no início de Março, mais tarde do que o inicialmente previsto.
Resultados do Startup Voucher devem ser conhecidos em Março
Bloomberg
Ana Laranjeiro 09 de fevereiro de 2017 às 18:02

O Startup Voucher é uma das medidas que integra o Startup Portugal, a estratégia nacional para o empreendedorismo. O período de candidaturas arrancou em Setembro e terminou a 30 de Dezembro. Esta quinta-feira, 9 de Fevereiro, o IAPMEI, entidade envolvida no programa, enviou uma nota aos empreendedores que se candidataram, a que o Negócios teve acesso, onde revela que prevê a "comunicação dos resultados no início de Março de 2017".

"O processo de avaliação de candidaturas já foi iniciado". E conta com acções como: triagem inicial dos projectos e promotores e a distribuição das candidaturas pelos avaliadores, independentes e de áreas geográficas diferentes da dos promotores, refere o IAPMEI.

"Tendo presente este enquadramento de análise, muito condicionado pelo número e distribuição das candidaturas, o regulamento do Startup Voucher não definiu um período específico para a avaliação inicial das candidaturas (as FAQ’s mencionam um período estimado que se verificou inexequível para garantir esta imparcialidade e transparência). Informamos assim que, passada esta 1ª fase de organização do processo de análise, a avaliação inicial deverá ser concluída até ao final de Fevereiro, prevendo-se a comunicação dos resultados no início de Março de 2017", pode ler-se na nota do IAPMEI.

Na área de perguntas frequentes, na área dedicada ao Startup Voucher no site do IAPMEI, à questão: "quanto tempo demora o período de avaliação da candidatura ao Startup Voucher?", o IAPMEI apontava que "os períodos de avaliação podem variar, sendo expectável que durem, no mínimo, 30 dias após a conclusão da fase de candidatura". Ou seja, de acordo com esta estimativa inicial os resultados poderiam começar a ser divulgados a partir do final de Janeiro.

Anunciado no início do ano passado, no âmbito do Startup Portugal, a estratégia nacional para o empreendedorismo, a medida assenta em quatro pontos: uma bolsa mensal (no valor de 691,70 euros) para o desenvolvimento do projecto empresarial; mentoria; assistência técnica e um prémio de concretização.  

A medida tem como objectivo promover o desenvolvimento de projectos empresariais. Para se candidatarem, os empreendedores tinham de ter idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, terem a nacionalidade portuguesa ou residirem no país; e não serem beneficiários "de uma bolsa para os mesmos fins e não possuam outra fonte de rendimento". Além disso, não podiam ter uma empresa já constituída.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub