Start-ups Rival indiana da Uber baixa avaliação para conseguir financiamento

Rival indiana da Uber baixa avaliação para conseguir financiamento

A Ola, a rival indiana da Uber, está no mercado em busca de financiamento mas enfrenta um problema: para angariar dinheiro tem de aceitar que a sua avaliação baixe. Ou seja, estará perante um "down round".
Rival indiana da Uber baixa avaliação para conseguir financiamento
Reuters
Ana Laranjeiro 25 de Novembro de 2016 às 09:28

A Ola é uma start-up indiana que disponibiliza reservas de táxis e tem como principal concorrente a Uber. Para combater os desafios que lhe são colocados pela norte-americana, a Ola está a tentar fechar uma ronda de financiamento. Porém, enfrenta um problema: para captar investimento tem de o fazer como uma avaliação bastante mais baixa do que aquela que tem, ficando assim a braços com um "down round", de acordo com a imprensa indiana e a Bloomberg.

Se a operação avançar, pode representar o primeiro "down round" para uma start-up unicórnio (que tem uma avaliação de mil milhões de dólares ou mais) indiana. De acordo com o jornal Economic Times, num "down round" a avaliação na qual a empresa levanta capital é mais baixa do que a sua avaliação na ronda de investimento anterior. A agência de informação acrescenta que as start-ups frequentemente mostram relutância em aceitar "down rounds" porque podem deprimir a moral dos investidores existentes e também diminuir o valor das participações dos investidores.

A Bloomberg refere que a Ola, liderada por Bhavish Aggarwal (na foto), foi avaliada em 5 mil milhões de dólares depois de ter levantado uma ronda de investimento em Novembro do ano passado. E a empresa estará agora a ser avaliada entre 3 e 4 mil milhões de dólares na sequência desta nova ronda, em que quer angariar cerca de 500 milhões de dólares. Os japoneses do Softbank, segundo o jornal indiano, terão já investido entre 250 a 300 milhões de dólares nesta nova ronda e a Ola estará em conversações com outros investidores, que no passado apostaram na start-up, bem como novos investidores como hedge funds, para obter mais capital.

A Ola e a Uber competem por um dos mais atraentes mercados no que diz respeito à reserva de transportes privados. A Ola, de acordo com a Bloomberg, está ainda à frente da norte-americana no mercado indiano mas a Uber tem intensificado a concorrência, nomeadamente, através de incentivos e promoções aos seus condutores.

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub