Energia Rubis já notificou Concorrência da compra de activos de gás da Repsol

Rubis já notificou Concorrência da compra de activos de gás da Repsol

A companhia francesa notificou a Autoridade da Concorrência sobre a aquisição dos activos de gás detidos pela Repsol nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores.
Rubis já notificou Concorrência da compra de activos de gás da Repsol
Bloomberg

A Autoridade da Concorrência (AdC) revelou esta quinta-feira, 28 de Setembro, que recebeu, no passado dia 21, uma notificação da Rubis relacionada com a aquisição, por parte desta, dos activos de gás detidos pela espanhola Repsol nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

 

Em Agosto, o Negócios noticiou que a gaulesa Rubis comprou à Repsol os activos de gás de petróleo liquefeito em Portugal, localizados em Portugal Continental, Açores e Madeira.

 

Em Portugal Continental, os activos são redes de gás propano canalizado, como áreas residenciais localizadas em zonas mais remotas e sem ligação à rede de gás natural. Já nas regiões autónomas, os activos em causa são pontos de distribuição de botijas de gás de onde partem para os revendedores.

 

No entanto, o Negócios referia nessa altura que a aquisição do negócio relativo aos activos na Madeira e nos Açores teria de ser sujeito à aprovação da Autoridade da Concorrência. 

Em Maio,a Rubis tinha já adquirido à Repsol as
 instalações de gás propano canalizado detidas pela petrolífera espanhola em Portugal, num negócio que o jornal Expansión noticiou ter ascendido aos 8 milhões de euros.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub