Banca & Finanças Sabadell fecha 250 agências e reduz número de empregados

Sabadell fecha 250 agências e reduz número de empregados

O Banco Sabadell anunciou que vai fechar 250 agências em 2017 e, consequentemente, reduzir o número de empregados, sublinhando que para este fim recorrerá sobretudo a recolocações e pré-reformas. 
Sabadell fecha 250 agências e reduz número de empregados
Bloomberg
Lusa 23 de dezembro de 2016 às 11:16

Fontes do Sabadell confirmaram à agência Efe a notícia avançada pelo diário Expansión, que adianta que este banco se junta à tendência do sector bancário, que este ano já fez um importante ajustamento na rede de agências.

 

O encerramento destas 250 agências, cerca de 11,8% do total, vai afectar entre 700 e 800 pessoas, mas o banco nega que vá recorrer a despedimentos para enfrentar o excesso de pessoal.

 

As fontes do Sabadell insistem que o excesso de pessoal vai ser resolvido em grande parte com reformas ou com a não substituição dos lugares vagos por pré-reformas. 

 

Ao longo de 2016 o banco presidido por Josep Oliu fechou 92 agências e em 2017 está previsto o encerramento destas 250 de um total de 2.117 agências que compõem a rede do Sabadell.

 

Por enquanto, não está decidido como será repartido o encerramento de agências por comunidades, ainda que fontes do banco apontem para que a decisão seja tomada no início de 2017.

 

O banco justifica o encerramento de agências com a adaptação à transformação digital que afecta o sector bancário.

 

O Banco Sabadell recentemente deixou de ser accionista do BCP.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 23.12.2016


Ladrões PS - PCP - BE - FP - CGA - - ROUBAM OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


Novas pensões mínimas serão sujeitas a prova de rendimento...

para se gastar mais dinheiro com os subsídios às pensões douradas da CGA.


As pensões douradas da CGA são SUBSIDIADAS em 500€, 1000€, 1500€ e mais… POR MÊS.

ESTAS PENSÕES SIM, DEVEM TER CORTES IMEDIATOS.


comentários mais recentes
Anónimo 23.12.2016

Somos todos comodistas.Gostamos mais e usar as novas tecnologias em detrimento de tratar algumas coisas pessoalmente e depois querem emprego. NÃO HÁ CHUVA NO NABAL E SOL NA EIRA AO MESMO TEMPO.

Anónimo 23.12.2016


Ladrões PS - PCP - BE - FP - CGA - - ROUBAM OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


Novas pensões mínimas serão sujeitas a prova de rendimento...

para se gastar mais dinheiro com os subsídios às pensões douradas da CGA.


As pensões douradas da CGA são SUBSIDIADAS em 500€, 1000€, 1500€ e mais… POR MÊS.

ESTAS PENSÕES SIM, DEVEM TER CORTES IMEDIATOS.


Saber mais e Alertas
pub