Energia Saeta Yield entra em Portugal com compra de parques eólicos à ACS  

Saeta Yield entra em Portugal com compra de parques eólicos à ACS  

A ProCME, da construtora espanhola ACS, vai encaixar 104 milhões de euros com o negócio.
Saeta Yield entra em Portugal com compra de parques eólicos à ACS  
Nuno Carregueiro 04 de agosto de 2017 às 10:57

A ACS anunciou esta sexta-feira, 4 de Agosto, que chegou a acordo para vender um conjunto de parques eólicos em Portugal à Saeta Yield, empresa espanhola que até agora não tinha presença no país.

 

O negócio será concretizado através da filial da ACS em Portugal, a Procme, que venderá a  Lestenergía Exploraçao de Parques Eólicos à Saeta, que por sua vez também é controlada pela ACS e pelo fundo GIP.

 

De acordo com um comunicado da ACS, a construtora espanhola encaixa 104 milhões de euros com o negócio, que avalia os activos em 181 milhões de euros e implica uma mais-valia de 12 milhões de euros.

 

Os activos em causa são nove parques eólicos que somam um total de 144 MW de energia e estão localizados nos distritos de Guarda e Castelo Branco. Têm um tempo médio de vida de nove anos.

 

A Saeta Yield, cotada na bolsa de Madrid, está até agora presente apenas no mercado espanhol e no Uruguai, pelo que esta aquisição vai marcara a entrada da companhia no mercado português. A Saeta foi assessorada pela sociedade de advogados Cuatrecasas.   

 

Em Espanha, a Saeta detém 16 parques eólicos, com uma capacidade de 539 MW e cinco parques solares com uma capacidade de 250 MW. No Uruguai possui dois parques eólicos com uma capacidade total de 95 MW.

A aquisição em Portugal é a segunda internacional da história da empresa, que em comunicado assinala que esta operação adquirida à ACS "é uma excelente plataforma para continuar a crescer no país".

"Na úlitma assembleia de accionistas comunicamos ao mercado que estávamos a trabalhar para aumentar os activos internacionais e agora estamos a dar passos claros nesse sentido", afirma o presidente da Saeta, José Luis Martínez Dalmau.

As acções da Saeta sobem 0,91% para 9,75 euros.

(notícia actualizada às 11:40 com mais informação de comunicado da Saeta)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub