Automóvel SAG concentra funções executivas em Pereira Coutinho e dois administradores-delegados

SAG concentra funções executivas em Pereira Coutinho e dois administradores-delegados

De acordo com comunicado enviado à CMVM, "são atribuídos poderes de gestão corrente" a dois administradores-delegados para assumirem responsabilidades no dia-a-dia da empresa.
SAG concentra funções executivas em Pereira Coutinho e dois administradores-delegados
Paulo Zacarias Gomes 11 de abril de 2017 às 18:32

A administração da SAG Gest - Soluções Automóvel Globais, deliberou esta terça-feira, 11 de Abril, concentrar as funções executivas da empresa em três elementos até ao final do actual mandato.

Além do presidente do conselho de administração, João Pereira Coutinho, estas funções passam a ser repartidas por mais dois administradores-delegados, informou a empresa em comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com aquele documento, o administrador-delegado Pedro Roque de Pinho de Almeida ficará com responsabilidades nas áreas da distribuição, retalho e logística automóvel, enquanto o outro administrador-delegado, José Maria Cabral Vozone, terá a seu cargo as áreas financeira, de relações com investidores (incluindo representante para as relações com o mercado e CMVM), bem como serviços transversais e participadas (interesses minoritários), refere o comunicado.

As alterações são válidas no que resta do triénio actual, que se iniciou em 2014 e termina durante este ano. A assembleia-geral anual está previsto realizar-se a 29 de Maio.

A SAG (dona da SIVA, que importa as marcas Volkswagen, Audi e Skoda para Portugal) terminou 2016 com prejuízos de 1,2 milhões de euros, uma melhoria de 93% em relação aos resultados negativos de 16,6 milhões verificados no ano anterior.

"O ano de 2016 foi o primeiro completo de actividade da SAG após a reestruturação financeira operada em 2015, tendo-se comprovado o atingimento do objectivo de garantir a sustentabilidade da empresa", explicava a companhia no documento remetido ao mercado a 10 de Fevereiro passado.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Bela 11.04.2017

Vai ser outra vez uma grande rmpresa

pub
pub
pub
pub