Automóvel SAG reduz prejuízos em 2016

SAG reduz prejuízos em 2016

No primeiro ano após a reestruturação financeira, o grupo dono da importadora da Volkswagen e Audi viu o seu prejuízo diminuir apesar da estagnação nas vendas automóveis.
SAG reduz prejuízos em 2016
Negócios 10 de fevereiro de 2017 às 19:34

A SAG – Soluções Automóvel Globais fechou o ano de 2016 com um prejuízo de 1,2 milhões de euros.

A dona da SIVA – importadora das marcas Volkswagen, Audi e Skoda em Portugal – vê o indicador melhorar face aos 16,6 milhões de prejuízo registados no ano anterior, "uma melhoria de 93%".


A informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta sexta-feira, 10 de Fevereiro, mostra que o volume de negócios da SAG cresceu 2% em termos homólogos, para os 633,4 milhões de euros.


A 31 de Dezembro de 2016, a SAG apresentava uma dívida consolidada de 95,5 milhões de euros, menos 15,6 milhões que no mesmo dia de 2015.


"O ano de 2016 foi o primeiro completo de actividade da SAG após a reestruturação financeira operada em 2015, tendo-se comprovado o atingimento do objectivo de garantir a sustentabilidade da empresa", explica no documento.


No ano passado, a SIVA comercializou 31.513 automóveis, mantendo os níveis do ano anterior. Volkswagen, Audi e Skoda pesaram 13% do mercado.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ABILIO VELOSO Há 1 semana

O que não abona nada a favor da marca VW e do seu importador SIVA é que vou esperar 3 meses por uma peça para concluir a reeparação da minha viatura Passat. Dizem-me que houve rotura de stock e que tiveram de pedir à fábrica. Sugeri uma viatura de substituição e até à data não obtive resposta.

pertinaz Há 1 semana

É OBRA !!! CONSEGUIR TER PREJUÍZOS COM UM PORTFÓLIO DE PRODUTOS DE LUXO ... ARRE!

Anónimo Há 1 semana

Não consigo perceber o porquê da VW manter a comercialização de boa parte das suas marcas através desta empresa...

São pouco ágeis, demoram a responder a pedidos de propostas, por vezes nem respondem!

Passou-se comigo na aquisição da última viatura de serviço.... fui 'forçado' a optar por outra marca!!!

Anónimo Há 1 semana

O negócio do aluguer de viaturas com a venda da mesma, é vantajoso para todos. A SIVA tem todas as condições para subir na venda das marcas.

pub
pub
pub
pub