Banca & Finanças Saída de Félix Morgado pode custar até 400 mil euros
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Saída de Félix Morgado pode custar até 400 mil euros

O conselho de administração executivo do Montepio ainda tem um ano de mandato pela frente. A eventual entrada da Misericórdia de Lisboa muda o figurino, mas a caixa avisa que não vai haver pedido de demissão.
Saída de Félix Morgado pode custar até 400 mil euros
Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro 11 de dezembro de 2017 às 22:20

José Félix Morgado ainda tem mais um ano de mandato no Montepio. E a caixa económica já assumiu que não vai haver pedido de demissão. O que coloca a possibilidade de ter de haver pagamento de indemnizaç)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG Há 2 dias

Bom, se o acionista - dupla Tomás Correia e Melícias - despedirem o Morgado com o pagamento de tal quantia, creio que TC e Melícias devem ser processados por gestão danosa e obrigados a pagar à Associação Mutualista o referido valor.

comentários mais recentes
JCG Há 2 dias

Bom, se o acionista - dupla Tomás Correia e Melícias - despedirem o Morgado com o pagamento de tal quantia, creio que TC e Melícias devem ser processados por gestão danosa e obrigados a pagar à Associação Mutualista o referido valor.

J. SILVA Há 4 dias

Este Morgado não passa dum bandido legalizado, um trafulha duma insensibilidade total. O mal que fez aos accionistas da INAPA deveria ser uma vacina para ser erradicado definitivamente da gestão das empresas. Mas cá vale tudo e se não sair do MG há o risco de acontecer o mesmo aos seus accionistas

pertinaz Há 4 dias

ATÉ É BARATO...

MAS O BARATO SAI CARO SE OS DISPARATES VOLTAREM AO MONTEPIO...

Sai mais um Euromilhões Há 4 dias

Mais um jovem milionário, regabofe de país.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub