Indústria Salazar Leite assume presidência europeia na indústria do cimento

Salazar Leite assume presidência europeia na indústria do cimento

Gonçalo Salazar Leite, presidente da ATIC – Associação Técnica da Indústria de Cimento em Portugal, foi eleito presidente da Cembureau por dois anos.
Negócios 09 de junho de 2017 às 22:09

Gonçalo Salazar Leite, vice-presidente da Secil e actual presidente da ATIC – Associação Técnica da Indústria de Cimento em Portugal, foi eleito esta sexta-feira presidente da Cembureau – Associação Europeia de Cimentos.

 

É a primeira vez que um português é eleito para presidir a esta associação de que fazem parte a quase totalidade dos países europeus. Salazar Leite assumirá o cargo pelo período de dois anos.

 

O responsável português, que tomou posse esta sexta-feira à tarde em Paris, pretende apoiar a indústria no sentido de atingir os objectivos concretos estabelecidos para fazer face às alterações climáticas, nomeadamente a diminuição das emissões de carbono em 40% até 2030, 60% até 2040 e 80% até 2050, refere o comunicado que dá conta desta nomeação.

 

O agora presidente da Cembureau, sublinhou, na sua declaração, que a indústria cimenteira se confronta actualmente com "exigências acrescidas de sustentabilidade e inovação" e que só através de "esforços coordenados de todos, num contexto internacional alargado, será possível continuar a assegurar uma indústria sustentável e responsável, compatível com uma economia de baixo carbono, e geradora de valor e emprego".

 

Com vista a assegurar a competitividade e sustentabilidade da indústria, é ainda prioridade da associação "dar visibilidade às características dos produtos desta indústria enquanto materiais fundamentais para uma construção sustentável e energeticamente eficiente", acrescentou.

 

Gonçalo Salazar Leite, que assumiu a presidência executiva da Secil entre 2012 e o final do ano passado, considera como desafio essencial do seu mandato "desenvolver as condições de competitividade da indústria".

 

A economia circular, a protecção da biodiversidade e a política energética mantêm-se também como prioridades da associação - que emprega directamente 400.000 pessoas e gera um valor superior a 20.000 milhões de euros para as economias europeias.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Conselheiro de Trump 10.06.2017

Particular:este Sr. nao fez o ESCABECHE q o CURANDEIRO dos algarismos mimico aritmetico fez a volta da presidencia do eurogroep.Q escabeche mais repugnante deste palhaco aritmetico.Sentar-se num lugar de primeira classe quando devia viajar de pe,q palhca mais rancoroso,colher louvores falsos.TRISTE

pub
pub
pub
pub