Tecnologias Samsung com o melhor lucro operacional em três anos

Samsung com o melhor lucro operacional em três anos

Os resultados preliminares da Samsung indicam que a empresa teve lucros operacionais de 7,4 mil milhões de euros, o que corresponde ao melhor resultado em três anos. Os números trimestrais definitivos são conhecidos no fim do mês.
Samsung com o melhor lucro operacional em três anos
Reuters
Ana Laranjeiro 06 de janeiro de 2017 às 08:56

A Samsung registou o melhor lucro operacional em três anos. A tecnológica sul-coreana revelou os seus resultados preliminares relativos ao trimestre que terminou em Dezembro e antecipa que o resultado operacional naquele período tenha sido de 9,2 biliões de won (cerca de 7,4 mil milhões de euros), o que representa o maior lucro em três anos, escreve a Bloomberg. Além disso, este valor supera as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg que, em média, apontavam para resultados na ordem dos 8,29 biliões de won.

As vendas ascenderam a 53 biliões de won no trimestre, de acordo com os dados revelados pela tecnológica. Este valor ficou acima das previsões dos analistas, que antecipavam que as vendas ascendessem a 52,1 biliões de won. Os números relativos ao lucro líquido e o desempenho por divisões não foram apresentados, devendo ser conhecidos apenas no final deste mês quando a Samsung apresentar os resultados finais.


A agência de informação escreve que a maior fabricante mundial de dispositivos móveis teve um crescimento de 50% no seu lucro operacional trimestral depois da procura pelas marcas chinesas de smartphones ter levado ao aumento dos preços dos chips de memória.


A Samsung também colocou no mercado uma versão melhorada de um smartphone que já tinha lançado para ajudar a colmatar a ausência dos Galaxy Note 7. A empresa começa assim a emergir da sua maior crise empresarial provocada por vários casos de dispositivos cujas baterias sobreaqueciam e se incendiavam.

Os motivos que estão na origem deste sobreaquecimento não foram tornados públicos. A 19 de Setembro, porém, a Bloomberg escrevia que rumores que davam conta que novo iPhone não traria muitas novidades, levaram a Samsung a querer acelerar o lançamento do seu novo equipamento. A tecnológica sul-coreana acreditava que ia colher benefícios se chegasse primeiro ao mercado com um modelo inovador.

A tecnológica sul-coreana acabou por retirar do mercado estes dispositivos, algo que terá custado à empresa cerca de 6 mil milhões de dólares.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 06.01.2017

AFINAL AS BATERIAS QUE EXPLODEM DÃO MAIS LUCROS QUE AS OUTRAS

pub