Banca & Finanças Santander conclui aumento de capital com procura 8,2 vezes superior à oferta

Santander conclui aumento de capital com procura 8,2 vezes superior à oferta

Foi subscrita a totalidade das 1.458.232.745 acções emitidas no âmbito do aumento de capital de 7 mil milhões de euros, pelo que "não haverá a abertura do período de atribuição discricionária," anunciou o banco.
Santander conclui aumento de capital com procura 8,2 vezes superior à oferta
Reuters
Negócios 26 de julho de 2017 às 18:14

O banco Santander completou o aumento de capital de 7 mil milhões de euros com a procura a exceder em 8,2 vezes a oferta.

Em comunicado emitido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Santander informou esta quarta-feira, 26 de Julho, que foi subscrita a totalidade das 1.458.232.745 acções.

Durante o período de subscrição preferencial, que terminou no passado dia 20 de Julho, subscreveram-se 1.447.425.802 acções novas que representam 99,259% do aumento de capital.

Nesse período, foram solicitadas 10.634.428.367 acções adicionais. No entanto, dado que o número de acções adicionais solicitadas foi superior às 10.806.943 acções não subscritas no exercício do direito de subscrição preferencial, o Santander atribuiu o total de 10.806.943 acções adicionais, que representam 0,741% do aumento de capital.

No total, as acções subscritas durante o período de subscrição preferencial, juntamente com as acções adicionais solicitadas, representam uma procura de 8,2 vezes o número das acções emitidas no aumento de capital.

Assim, diz o banco no comunicado, "não haverá a abertura do período de atribuição discricionária".

Recorde-se que o aumento de capital de 7 mil milhões de euros foi anunciado no início deste mês pelo banco liderado por Ana Botín com o "objectivo de reforçar a estrutura de recursos próprios do banco para dar uma adequada cobertura à aquisição de 100% do capital social do Banco Popular".

O Banco Popular foi integrado no Santander no âmbito de uma medida de resolução e ao preço simbólico de um euro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub