Bolsa SDC não sabe porque triplicou de cotação em três dias

SDC não sabe porque triplicou de cotação em três dias

A CMVM pediu à SDC Investimentos para esclarecer o que poderá estar a influenciar a negociação das suas acções. Os títulos, que negociavam em torno de 2,7 cêntimos até quinta-feira, já superaram os 10 cêntimos.
SDC não sabe porque triplicou de cotação em três dias
Cátia Barbosa/Negócios
Diogo Cavaleiro 03 de outubro de 2017 às 15:05

A SDC Investimentos desconhece qualquer motivo que justifique a recente evolução bolsista, na qual já mais do que triplicou de valor em três sessões. Foi essa a resposta dada pela empresa a um pedido de informação da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

"A SDC Investimentos, SGPS, S.A. informa, ao abrigo do disposto no artigo 248.º do Código dos Valores Mobiliários e conforme solicitação da CMVM, que não tem, nesta data, qualquer informação privilegiada ou materialmente relevante que, em seu entender, possa ter influenciado de forma sensível a cotação ou o volume de transacções das acções da SDC Investimentos, SGPS, S.A., nos termos verificados desde o dia 29 de Setembro, ou possa vir a influenciar essa mesma cotação ou volume de transacções", indica o comunicado emitido na tarde desta terça-feira, 3 de Outubro.

 

A informação oficial da empresa vem em linha com o que já tinha sido transmitido ontem ao Negócios por parte do presidente executivo, António Castro Henriques (na foto), que é também accionista através da Investéder.

 

Esta terça-feira, as acções da SDC Investimentos, empresa centrada no imobiliário e accionista minoritária da Soares da Costa Construções, fecharam a disparar 61,02% para valer 9,5 cêntimos por acção. Durante a sessão, a valorização foi próxima de 73%, altura em que tocaram nos 10,2 cêntimos.

 

A evolução desta terça-feira segue-se ao ganho de 59% do dia anterior e de 32% na sexta-feira. Neste período, a cotação mais do que triplicou. A empresa negociava em torno de 2,7 cêntimos desde a oferta pública de aquisição lançada pela Investéder àquele preço. A Investéder é uma sociedade constituída pelos gestores da SDC Investimentos António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos.

 

Apesar de não haver nenhum factor que justifique a evolução da empresa, a troca de acções tem sido invulgar: só esta terça-feira negociaram perto de 16,3 milhões de títulos da SDC Investimentos. Nas últimas três sessões, já foram transaccionadas quase 19 milhões de acções, o que representa 14% do capital existente da empresa. A Investéder é dona de quase 77%. 

(Notícia actualizada às 16:45 com cotações de fecho)




pub