Energia Seguro Sanches: "Como os preços da energia estão a descer, agora dizem que estou nas mãos do Bloco de Esquerda"

Seguro Sanches: "Como os preços da energia estão a descer, agora dizem que estou nas mãos do Bloco de Esquerda"

O secretário de Estado da Energia respondeu aos presidentes da Endesa e da APREN que acusaram a tutela de ser controlada pelo Bloco de Esquerda.
Seguro Sanches: "Como os preços da energia estão a descer, agora dizem que estou nas mãos do Bloco de Esquerda"
Bruno Simão/Negócios
André Cabrita-Mendes 26 de outubro de 2017 às 14:03
O secretário de Estado da Energia respondeu às acusações da tutela estar a ser controlada pelo Bloco de Esquerda. As acusações foram feitas esta semana por personalidades do sector energético nacional.

"Ao longo dos anos eu sempre ouvi dizer que os membros do Governo que tinham a área da energia estavam dependentes de um ou de outro grupo", começou por dizer Jorge Seguro Sanches esta quinta-feira, 26 de Outubro.

"Antes diziam que estava nas mãos das empresas, mas como os preços estão a descer, agora dizem que é na mão dos partidos políticos", disse o governante à margem de um evento da Cepsa que decorreu em Lisboa.

"Acima de tudo aquilo que move o Governo é conseguir ter preços mais baixos para os portugueses. Todas estas questões, venham de onde vierem, é deixá-las onde elas foram ditas", rematou o secretário de Estado, sublinhando que as críticas que está a receber deve-se às medidas que o Governo tem estado a implementar.

As críticas ao governante foram iniciadas esta semana pelo presidente da Endesa Portugal, Nuno Ribeiro da Silva, que disse que a secretaria de Estado da Energia "está nas mãos do Bloco de Esquerda" e que "não se pode mudar uma vírgula" sem falar com o BE.

24 horas depois Jorge Seguro Sanches voltou a ser criticado, mas pelo presidente da Associação Portuguesa de Energia Renovável (APREN) que considera que o Governo está a ser hostil para com o sector das renováveis.

"O secretário de Estado não está a tomar uma atitude séria. Ele está focado em tornar o nosso sector em inimigo. A secretaria de Estado da Energia está refém do Bloco de Esquerda", disse o presidente da APREN, António Sá da Costa




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ricky Há 3 semanas

Se os custos da energia estão a baixar, não será para o consumidor particular, pois a medida que o tempo passa pago mais em tudo mantendo os mesmos consumos (electricidade, combustiveis, gás). Não percebo ...

Miguel Há 3 semanas

Eu, como sou dos que pago e não dos que ganha com os preços da energia, quero que ASdC se f^da.

Victor Há 3 semanas

Curiosamente os preços da energia estão a subir e muito, perguntem a quem estiver a renovar contratos agora.

pub