Banca & Finanças Sindicato acredita que trabalhadores do Novo Banco vão ficar protegidos contra processos

Sindicato acredita que trabalhadores do Novo Banco vão ficar protegidos contra processos

"Estamos à espera que a proposta final de acordo que venha a ser vertida exclua explicitamente os trabalhadores do Novo Banco que comercializaram os produtos do GES", diz Paulo Marcos, ao Negócios e Antena 1.
A carregar o vídeo ...

Os funcionários do Novo Banco ficarão protegidos na solução promovida pelo Governo para o papel comercial do Grupo Espírito Santo vendido aos balcões do antigo BES, segundo acredita Paulo Marcos, presidente do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB).

 

"Estamos à espera que a proposta final de acordo que venha a ser vertida exclua explicitamente os trabalhadores do Novo Banco que comercializaram os produtos do GES. Repito, é aquilo que nós estamos à espera e julgo que é o que vai acontecer", declarou Paulo Marcos na Conversa Capital, que será no domingo na Antena 1 e publicada no Negócios na segunda-feira.

 

Até agora, os titulares de papel comercial que queiram aderir à solução encontrada pelo Governo e pelos reguladores, juntamente com a associação de "lesados", têm de abdicar das acções judiciais contra as entidades públicas, o Novo Banco e os seus accionistas, mas não era explícito que também os funcionários ficavam protegidos.

 

Para isso, o sindicato lançou uma petição, pedindo para que ficasse clara essa protecção aos trabalhadores da instituição, que está em processo de venda à Lone Star. Paulo Marcos defende que nunca ninguém se opôs a essa ideia e que, na implementação da solução, os trabalhadores estão protegidos.


A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado IS Há 1 semana

Mero optimismo do presidente do SNQTB.

comentários mais recentes
Anónimo Há 6 dias

Todos protegidos. Salgado, governo da altura, banco de Portugal e funcionários do BES/Novo Banco. Alguns não sabiam (!). E todos os outros, que burlaram deliberadamente os clientes, nomeadamente os emigrantes..Sob pressão dos chefes? Mas que disse o sindicato na altura? Vergonha. Justiça !

IS Há 1 semana

A pessoa com o nick "India.Bravo" é só mais um idiota que escreve neste espaço e que faz acusações avulsas com excesso de sinais de pontuação para ter o efeito de ênfase que procura e que não consegue de outra forma dado as competências comunicativas que evidencia são medíocres.

IS Há 1 semana

Mero optimismo do presidente do SNQTB.

Anónimo Há 1 semana

Tem que se perceber que haverá sempre gente a clamar pelo direito a um rendimento social como o RSI, da mesma forma que haverá sempre gente a clamar pelo direito a um rendimento social como um salário de excedentário na função pública com benefícios, bónus e progressões automáticas; a um rendimento social como umas rendas energéticas de muitos milhões ou a um rendimento social como um resgate ininterrupto ao seu posto de trabalho num banco de retalho falido que o mercado já não quer nem precisa.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub