Start-ups Snap terá contratado Goldman Sachs e Morgan Stanley para IPO

Snap terá contratado Goldman Sachs e Morgan Stanley para IPO

A antiga Snapchat contratou o Goldman Sachs e o Morgan Stanley para preparar a entrada em bolsa, avança o Financial Times. Na semana passada, foi noticiado que a empresa estava a trabalhar num IPO que pode avaliá-la em mais de 22 mil milhões de euros.
Snap terá contratado Goldman Sachs e Morgan Stanley para IPO
Bloomberg
Ana Laranjeiro 13 de Outubro de 2016 às 12:31

A Snap, antiga Snapchat, contratou os bancos de investimento Goldman Sachs e a Morgan Stanley para liderarem a oferta pública inicial (IPO na sigla inglesa) que a start-up está a preparar, de acordo com o Financial Times.

Na semana passada, fontes do Wall Street Journal avançavam que a start-up está a trabalhar num IPO que pode avaliar esta start-up em, pelo menos, 25 mil milhões de dólares, mais de 22 mil milhões de euros no câmbio actual.


A start-up liderada por Evan Spiegel (na foto) estará a preparar a documentação para esta operação com vista a começar a vender acções a partir do final de Março do próximo ano. 

A concretizar-se este plano da start-up que disponibiliza um serviço de troca de mensagens que se apagam em poucos segundos (e que pode incluir fotos e vídeos), esta será a maior empresa a abrir o capital no mercado bolsista norte-americano desde 2014, segundo a mesma fonte. Há dois anos, a chinesa Alibaba entrou no mercado de capitais com uma avaliação de 168 mil milhões de dólares.


O Facebook entrou em bolsa em Maio de 2012 e o Twitter chegou ao mercado bolsista em 2013. Já em Novembro do ano passado surgiram notícias que indicavam que o Tinder estava a procurar parceiros para a aventura em bolsa.


Ainda de acordo com o jornal norte-americano, a Snap disse no início de 2016 aos investidores que espera obter uma receita entre 250 milhões de dólares e os 350 milhões este ano. O valor salta para mil milhões no próximo ano. Em 2015, a na altura Snapchat gerou uma receita de 60 milhões de dólares.


No final de Setembro, a Snap Inc (a start-up mudou o nome porque não tem agora apenas o serviço de mensagens) apresentou os Spectacles. Aparentemente, trata-se de uns óculos de sol normais. Mas na verdade contêm uma câmara de vídeo integrada que permite aos utilizadores gravarem pequenos vídeos – de cerca de 10 segundos.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub